Em retrospectiva de 20 anos, Almerinda comenta cenário político em Mato Grosso

Neste domingo, no Cine Teatro, Almerinda vai cantar e entrevistar personalidades políticas: Abílio Brunini confirmou participação

Almerinda conta detalhes sórdidos de seus vários casamentos com políticos conhecidos de Mato Grosso

Domingo (15) tem programa divertido para quem ainda não viu – mas também para quem já viu – a socialite mais famosa de Mato Grosso em palco.

Em show especial às 20h, no Cine Teatro, o ator André D´Lucca “incorpora” Almerinda Lowsby. Os ingressos custam R$ 40,00 inteira e meia, R$ 20,00. Para comprar a entrada solidária, por preço único de R$ 20,00 basta levar 1 kg de alimento não-perecível.

O show inédito é uma retrospectiva dos 20 anos da personagem e traz novidades. Além de contar detalhes sórdidos dos oito relacionamentos com personalidades políticas, Almerinda entrevista e canta. O músico Henrique Maluf e banda a acompanha enquanto ela entoa paródias que relembram episódios importantes de sua vida.

“Mas mesmo depois de eu ter acabado de me divorciar – já foram oito casamentos e oito divórcios – abri as portas para um novo amor. Mas ele só deve durar tempo suficiente para eu ter direito a uma parte do patrimônio da vítima”, diz, finalizando com uma gargalhada à la Almerinda.

Músicas e entrevistas

Vou fazer essa retrospectiva de uma forma diferente e vai ter muita música. “Vai ter para o Pedro Taques, para Silval Barbosa, Virginia Mendes… e vai ter entrevista também. Abílio Brunini e Felipe Wellaton já confirmaram. Convidei Emanuel Pinheiro, mas ele disse que vai estar viajando”.

Os convites se estenderam também a Wilson Santos, Mauro Mendes e Júlio Campos. “Mas eles  não confirmaram. Essa galera parece que tem medo que eu morda, eu mordo, mas não deixo marcas”, ri de novo.

Os figurinos feitos por Alzira Braga nos últimos 13 anos, conta, estão impecáveis.

Vai contar tudo

Mas um dos pontos altos deve ser mesmo a fase das entrevistas. “É óbvio que vou comentar o cenário político atual, doa a quem doer, tanto federal quanto estadual e municipal. Estou pronta para isso e se a exoneração vier para o André problema dele, eu não vou segurar minha língua por causa do cargo de ninguém”, ameaça.

A primeira-dama de Mato Grosso vai ganhar uma música provocadora. “Não estamos muito bem, estamos brigadas. Pedi para ela me apresentar um boy rico para eu me casar. Porque eu acho é uma das funções da primeira-dama é ajudar as amigas, uma primeira-dama é tipo um Tinder do Governo, sabe como é? Mas ela não está cumprindo com a missão”.

“Ao lado” de Almerinda, André D´Lucca celebra o momento exitoso que vive. Há um ano atrás ele estava internado e neste mesmo período, amigos se engajavam em um espetáculo em prol dos custos de seu tratamento. Ele era esperado no evento, mas devido ao estado delicado, ele não pode participar do evento realizado no Cine Teatro. O show deste domingo é muito especial.

“Um ano depois me sinto uma fênix ressurgindo das cinzas, eu me enxerguei. Vi o meu potencial o que eu represento para meus amigos. Para as pessoas que gostam do meu trabalho, eu vi o quanto sou amado, não tinha noção disso e parece que as pessoas me enxergaram”.

Ele avalia que houve uma sensação de que elas poderiam tê-lo perdido. “Acho que nunca me senti tão valorizado. Começaram a dar valor para o André, para o artista André. As portas se abriram, meus projetos vão de vento em popa, muitos convites legais. Eu renasci no meu aniversário”. Ele foi internado justamente no dia do seu aniversário, 5 de março do ano passado.

LEIA TAMBÉM

Confira o de divulgação do espetáculo:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGarota de programa acusa ginecologista de ofendê-la
Próximo artigoAssessor de vereador é preso por agredir esposa e mantê-la em cárcere privado

O LIVRE ADS