Cursos, feirinhas e esportes: veja o que muda em Cuiabá neste mês

Prefeitura editou mais um decreto flexibilizando as regras do isolamento social

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A Prefeitura de Cuiabá alterou novamente as regras de isolamento social para contenção da covid-19. De acordo com o decreto divulgado na noite desta segunda-feira (21), mais setores poderão voltar a funcionar.

A partir de sexta-feira (25), por exemplo, estão liberadas práticas esportivas – profissionais e amadoras. A única proibição é para a presença de público no locais de competição.

Na mesma data, parques, quadras e ginásios esportivos também terão o uso liberado para a população em geral.

O decreto da prefeitura também autoriza a retomada – a partir da próxima segunda-feira (28) – de aulas presenciais em cursos, pós-graduações e congêneres.

A restrição é para o número de alunos em sala aula: somente 14.

Em ambos os casos, o uso de máscaras de proteção individual continua obrigatório, assim como a oferta de condições para que as pessoas higienizem as mãos com frequência.

Comércio

(Foto: Reprodução)

O decreto também traz mudanças para o setor do comércio. Shoppings agora estão liberados para funcionar aos sábados, domingos e feriados.

O mesmo vale para restaurantes e distribuidoras de bebidas. O horário de funcionamento desses estabelecimentos deve ser das 11h às 23h.

No caso das distribuidoras, só não está permitido o consumo pelos clientes no local.

Feiras

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Nas feiras livres e gastronômicas, onde o consumo de alimentos no local também estava proibido, houve flexibilização. A prefeitura autorizou a disponibilização de mesas e cadeiras, desde que o distanciamento mínimo entre elas seja de 1,5 metro.

Outra mudança é a permissão para instalação de banheiros químicos e brinquedos, como pula-pula, para as crianças.

Em ambos os casos, é preciso de que haja alguém responsável por higienizar o equipamento a cada uso. Nos brinquedos, não deve ser permitida a presença de mais de uma criança por vez.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAnálises feitas na água da rede e no esgoto tratado conferem mais saúde e sustentabilidade à capital mato-grossense
Próximo artigo2,3 mi de hectares; 43 homens