Cachorro foge de casa e “desenterra” homem desaparecido há seis dias

A companheira dele - segundo a família, usuária de drogas - é a principal suspeita do crime; ela chegou a aparecer no local, mas fugiu

Um homem de 58 anos, identificado como Dirceu de Lima Raimundo, foi encontrado pelo cão de uma vizinha. Desaparecido há seis dias, ele foi achado morto e dentro de uma cova em sua própria casa, no Bairro Jardim Marajoara, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, na segunda-feira (11), por volta das 18 horas, o cachorro de uma vizinha fugiu, entrou no terreno da casa de Dirceu e começou a escavar.

A dona foi atrás do cão, viu muitos bichos e mal cheiro saindo do local, estranhou a cena e ligou para a polícia.

Uma equipe da Polícia Militar foi até o endereço e notou que o cachorro havia escavado uma cova. Quanto mais os policiais se aproximavam, mais forte ficava o odor.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e começou a fazer uma varredura no local. Rapidamente encontraram um pé.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram chamadas para identificar a vítima.

Familiares, então, foram até o local e contaram que Dirceu tinha um caso com uma mulher de 27 anos, usuária de drogas, que vivia o ameaçando de morte.

Desde que ele havia desaparecido, a família perguntava para a mulher onde Dirceu estava e ela dizia que ele havia viajado com o patrão. Ainda segundo a família, ela dizia que ele havia deixado a moto dele, uma Traxx vermelha, com ela.

Enquanto as equipes estavam no local, a mulher se aproximou da casa da vítima, mas ao ver a aglomeração de pessoas, deu a volta e fugiu. A atitude, somada às declarações de que ela vinha fazendo ameças, a tornou a principal suspeita do crime.

A Polícia Militar chegou a ir à casa da mãe da suspeita procurá-la e fez rondas na região, mas até o registro da ocorrência ela não havia sido localizada.

Agora, a perícia deverá apontar as causas da morte de Dirceu.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS