Assembleia de Deus em luto: morre pastor Rubens Siro vítima de covid

Filho do pastor Sebastião, que também está na UTI, líder religioso era o número 2 na ordem hierárquica da Assembleia de Deus, em MT

(Foto: Assembleia de Deus)

Morreu na manhã desta sexta-feira (3), o pastor Rubens Siro de Souza, vítima da covid-19. O líder religioso tinha 68 anos de idade, e era filho do presidente da Igreja Assembleia de Deus, pastor Sebastião Rodrigues de Souza, que também está internado em UTI com covid.

Pastor Rubens era o número 2 na ordem hierárquica da Assembleia de Deus, em Mato Grosso, e uma das lideranças mais respeitadas dentro da igreja no Brasil.

Ele ocupava o cargo de vice-presidente da Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus (Comademat), e era responsável pelas atividades da igreja em Várzea Grande, região Metropolitana de Cuiabá.

Rubens concedeu entrevista ao LIVRE em abril deste ano, quando o governo do Estado liberou os cultos religiosos. Na ocasião, o pastor foi entusiasta com a medida e defendeu a reabertura das templos.

“A igreja crê que o povo vai estar mais ativo na oração a Deus, não só para ajudar o povo em Cuiabá como na face da terra. Existe um povo de Deus e, quem está sempre aos pés do Senhor, será ouvido por aquele que tudo pode e administra todas as coisas”, disse o pastor à época.

LEIA TAMBÉM

Exatamente há uma semana, o pastor foi internado em um hospital particular por conta do agravamento do coronavírus. Três dias depois, na segunda-feira (29), seu pai, o pastor Sebastião, também foi internado em UTI por conta da doença.

Segundo informou a assessoria de imprensa da igreja nesta quinta-feira (2), o Pastor Sebastião segue na UTI, mas apresentou melhoras e sinais vitais estáveis, assim como pressão arterial controlada.

A mulher do pastor Sebastião, irmã Nilda Paula, chegou a ser hospitalizada também, mas testou negativo para coronavírus.

Repercussão

Em nota, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), lamentou a morte do pastor Rubens.

“É com muito pesar que recebo essa notícia, Cuiabá perde um grande líder religioso, que dedicava sua vida a caridade e temência a Deus. Esteve conosco abençoando a inauguração simbólica da UPA do Verdão, onde muitos estão lutando pela vida neste momento e infelizmente, não resistiu. Que Deus o receba e conforte os que ficam”, declarou o prefeito de Cuiabá.

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) também lamentou a morte. “É com muita trista que lamentamos o falecimento do Pastor Rubens Siro de Souza. Como membro da Igreja Assembleia, peço a Deus o conforto aos familiares e prestamos as nossas sinceras condolências neste momento de dor”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Epicentro da covid”: Mendes afirma que não pode decidir por prefeitos
Próximo artigoO BRICS, o NDB e a globalização

O LIVRE ADS