|Quarta-feira, 14 novembro 2018
Foto: Assessoria

Aprosoja recebe visita de senadora Selma Arruda e deputado federal Nelson Barbudo

Os parlamentares ouviram sobre a agricultura em Mato Grosso e afirmaram trabalhar pelo desenvolvimento do setor

COMPARTILHECOMPARTILHE

A senadora eleita Selma Arruda (PSL) e o deputado federal eleito Nelson Barbudo (PSL) estão em busca de informações sobre o agronegócio para pautar seus trabalhos no Congresso Nacional. Nesta quinta (08), foram recebidos na Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) pelo presidente, Antonio Galvan, o vice-presidente Norte, Zilto Donadello, o diretor executivo, Wellington Andrade, e o consultor técnico, Wanderlei Dias Guerra.

Galvan explicou como é a produção de soja e milho em Mato Grosso e os principais desafios dos agricultores. “Estamos entrando em um ano péssimo para os preços das commodities. É preciso entender que a compra de insumos e o plantio foram feitos com o dólar em torno de R$ 4 e, agora, devemos vender a produção com o dólar cerca de R$ 3. A conta não fecha”, esclareceu.

Seguindo este raciocínio, o presidente da Aprosoja explicou a importância da Lei Kandir para o setor e também como é feita a contribuição dos produtores rurais. “A maioria dos agricultores – 83%, segundo pesquisa, planta até 3 mil hectares, o que é considerado pequeno ou médio. Estes produtores rurais não exportam diretamente, pois vendem a produção para a tradings. Então, não são os ‘beneficiados’ pela Lei Kandir”, diz Galvan.

“Somos contra qualquer tipo de ilegalidade e favoráveis à fiscalização do Estado para que não haja sonegação”, frisou o presidente. Ele ressaltou que as matérias primas produzidas em Mato Grosso “são pra fora mesmo, não é possível absorver tudo aqui, precisa de industrialização e infraestrutura”.

Zilto Donadello, que também é coordenador da comissão de Política Agrícola da Aprosoja, ressaltou a necessidade de destravar os desafios logísticos e ambientais, como a questão fundiária. Em âmbito estadual, Galvan reforçou que a entidade apoia o governador eleito Mauro Mendes para que faça um bom trabalho, mas ressaltou que não é mais possível o setor absorver taxações como o Fethab 2. “Há dois anos, 40% dos agricultores conseguiam ‘se bancar’ sozinhos, hoje este percentual é de 19%. Estamos ficando descapitalizados”, afirmou.

A senadora Selma disse entender a importância do agronegócio. “Se a gente quebrar o agro, quebramos este Estado. Eu vejo um Estado ‘gordo’ e, como é guloso, a solução sempre é ‘vamos taxar’. Isso não pode mais acontecer”, afirmou. Para ela, é preciso melhorar a gestão pública.

O deputado federal Nelson Barbudo acredita que os maiores desafios podem ser solucionados em Brasília. “As demandas estão aí há anos, então temos que fazer uma força tarefa na classe política pra termos êxito”, finalizou.

 

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Bombeiros fazem simulação de resgate em veículo submerso na ponte Mário Andreazza
Prefeitura aposta em embelezamento urbano para fomentar o comércio e o turismo
Comércio e bancos não vão emendar o feriadão; veja o que abre e o que fecha
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Zeca Viana acusa deputados de receberem propina para acabar com as CPIs sobre sonegação
Promotora de Justiça diz que defensor não é homem e pode ser afastada do cargo
Botelho arquiva pedido de afastamento do governador Pedro Taques
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Zeca Viana acusa deputados de receberem propina para acabar com as CPIs sobre sonegação
Leilão Nelore Água Fria em Marabá oferta 100 touros PO e 5 mil bezerros
Tereza Cristina tem encontro com Bolsonaro e almoço com deputados
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Japonês paga R$ 65 mil por cerimônia de casamento com um holograma
Festival de cinema traz a Cuiabá sete clássicos do terror japonês em novembro
Papai Noel Pantaneiro chega ao 3 Américas neste domingo em “parada natalina”
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Lula presta depoimento em Curitiba no processo do sítio de Atibaia
Bolsonaro se reúne hoje com Maia, embaixadores e governadores
Em reunião com Bolsonaro, Mauro Mendes planeja pedir mais recursos para MT
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Últimos dias para inscrição em concurso com salário de até R$ 18 mil; veja oportunidades
Concurso público: MT tem mais de duas mil vagas; salários chegam a R$ 18 mil
Termina neste domingo inscrição para concurso da Prefeitura; salários chegam a R$ 5 mil
X