Acusação de Joesley

Justiça impõe sigilo em investigação que acusa senador de MT de caixa 2

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

A Justiça Eleitoral decretou sigilo em investigações da Polícia Federal que envolvem o senador Welington Fagundes (PL) pela suspeita de caixa 2 na campanha de 2014.

A acusação de dinheiro não contabilizado na campanha eleitoral consta em um acordo de colaboração premiada do empresário Joesley Batista, um dos proprietários do grupo JBS.

O sigilo foi decretado em razão de citar nos autos informações fiscais de empresas privadas.

Em contato com o LIVRE, o senador informou que não comenta decisões judiciais.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDerivados de petróleo e isolamento: produção industrial cai em MT
Próximo artigoR$ 556 mil em software