YouTube censura e tira do ar canal de jornalismo Terça Livre

De acordo com a plataforma, o Terça Livre teria "violado as diretrizes da comunidade"

(Foto Reprodução/ Redes sociais)

No fim da noite dessa quarta-feira (03), o YouTube suspendeu os dois canais do Terça Livre, um portal conservador de jornalismo e opinião. De acordo com a plataforma, o canal teria “violado as diretrizes da comunidade”.

O Youtube, no entanto, não informou quais foram as supostas diretrizes violadas.

O Terça Livre é famoso por adotar um viés conservador e apoiar o presidente Jair Bosonaro e o filósofo Olavo de Carvalho: ambos frequentemente apareciam no canal.

Em nota, o site Terça Livre classificou a suspensão do canal como “censura” e convidou seus seguidores a se inscreverem em um formulário para posterior contato.

Veja a nota do canal 

A plataforma online de vídeos YouTube encerrou os dois canais do Terça Livre na noite desta quarta-feira (3), após campanha do grupo de ativismo pró-censura, Sleeping Giants Brasil, em diversos setores para cancelar o Terça Livre.

Os dois canais do Terça Livre foram encerrados: o “Terça Livre TV” e o “Terça Livre Live”.

“Esta conta foi encerrada por violação dos Termos de Serviço do YouTube”, informa o YouTube ao tentar acessar o canal.

Por ora, pedimos que Clique Aqui e preencha seus dados. Não perca contato com o Terça Livre. Dessa forma, levaremos a verdade até você.

Em breve, o Terça Livre irá divulgar novas informações.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior70% dos municípios de MT já aplicaram primeira dose de vacina
Próximo artigoIncêndios no Pantanal: entidades e governo discutem formação de brigadas