Xuxu critica artistas que se manifestam sobre incêndios: “cuidem da casa de vocês”

Deputado disse que em setembro as chuvas começam e tudo volta ao normal

Foto: Assessoria

Revoltado com o ativismo de artistas que criticam os incêndios na Amazônia o deputado Xuxu Dal Molin (PSC) fez discurso enérgico, dizendo que a situação não é exatamente como eles anunciam e que antes de falar de Mato Grosso, precisam olhar para suas cidades.

Segundo o parlamentar, a produção do couro de Mato Grosso já começa a sofrer barreiras no mercado internacional justamente por conta da difusão de notícias sobre queimadas. Ele atribui o que considera um alarde desproporcional, aos artistas que utilizam as redes sociais e que saíram às ruas para protestar.

O deputado ressaltou que os incêndios acontecem anualmente porque o clima está seco na região e que em setembro já começam as chuvas e tudo vai voltar ao normal.

Em contrapartida, segundo ele, os artistas brasileiros que protestam, continuarão “cheirando merda da Baía de Guanabara” [Rio de Janeiro].

“Eles tiveram uma Copa do Mundo e uma Olimpíada, mentiram para o Brasil e o mundo que iam recuperar a baía, agora vem falar por baixo aqui? Todo apoio é bem-vindo, artistas! Mas, cuidem primeiro da casa de vocês. A nossa casa está limpa”, disse.

Continuou o discurso na tribuna dizendo que toma banho nos rios de MT e que bebe água dos rios sem ter que filtrar.

“Vocês não fazem isso. Teve a ECO 92 e o principal assunto era recuperar o Rio Tiete, em São Paulo, mais uma mentira”, disse destacando que o problema ambiental do Brasil não está no campo e sim nas grandes cidades.

Também sobrou para o governo francês, que segundo o deputado, tem liderado as críticas ao governo brasileiro. “A Assembleia Legislativa poderia liberar uma doação de 1 milhão de mudas de árvore à França. Eles não tem moral pra falar”, disse.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPolícia fecha clínica de estética em Cuiabá; clientes seriam vítimas de golpes
Próximo artigoDigitalização do Intermat