Wellington convida Sirlei para ser vice, mas não avisa direção do PV

Informação é de que senador teria feito o convite direto para a pré-candidata, sem dialogar com direção do PV

(Foto: Suellen Pessetto/ O LIVRE)

Então pré-candidata do Partido Verde (PV) à deputada estadual, a advogada Sirlei Theis confirmou ter sido procurada pelo pré-candidato ao governo Wellington Fagundes (PP) e recebido convite para compor sua chapa como vice. Apesar de considerar a proposta do senador “inteligente”, ela afirma que a decisão final será do partido – que nega ter recebido convite oficial.

Conforme Sirlei afirmou ao LIVRE, o convite foi feito a ela e ao coordenador de campanha na tarde desta sexta-feira (3), um dia antes da convenção que lança a advogada como candidata à deputada estadual. O partido também ainda não definiu se entrará no arco de alianças do Democratas (DEM), que tem como pré-candidato ao governo o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.

[featured_paragraph]“Ele conversou comigo e com meu coordenador ontem à tarde e à noite. Eu passei para o meu partido hoje de manhã, então está na mão deles sentarem e conversar. O convite veio, mas eu passei para o partido porque eu não decido sozinha”, afirmou.[/featured_paragraph]

Segundo a advogada, ainda não há sinalização do partido sobre quais rumos serão seguidos. O presidente do partido, José Roberto Stopa, afirmou que não houve formalização do convite ao cargo de vice-governador, mas que a direção se reúne na manhã deste sábado para as últimas deliberações.

Sirlei afirmou que considera a proposta do senador Wellington Fagundes “inteligente”, mas que continua focada na sua pré-candidatura a deputada estadual. “Se for deliberado pelo partido, acredito que vão me chamar para conversar”, disse.

A advogada ainda ressaltou que o partido vai buscar a melhor proposta para atingir o objetivo principal. “Eu sei que o partido está buscando eleger quatro deputados, porque quando você tem um número expressivo igual na Câmara Municipal, é muito mais fácil conseguir viabilizar os projetos e as articulações dentro da Assembleia. Então é nesse sentido que eu acredito que o partido vai avaliar a proposta”, finalizou.

Atualmente, compõe com o Democratas o PDT, PSD, MDB, PSC e PHS. Já com Fagundes compõe o PP, PTB, PCdoB, PRB.

A convenção do PV está marcada para 14h, no colégio Presidente Médici, na Avenida Mato Grosso. Já a convenção que lança a chapa do Democratas acontece nesta manhã, no Ginásio Dom Aquino. A convenção de Wellington Fagundes será realizada no domingo (5), às 16h, no Jardim Cuiabá.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÀs vésperas das convenções, aliados de Taques ameaçam pular fora do barco; ouça áudios
Próximo artigoPSDB confirma Alckmin como candidato a presidente da República