Voluntários levam esperança e doações para pessoas que vivem do lixão de Cuiabá

Participantes do projeto "Sopão Carente Solidário", do Bairro Silvanópolis, também receberam doações

(Foto: Isabella Suzuki)

O Livre Solidário (união de empresários parceiros do site O LIVRE), em parceria com o grupo Humanizando, o Exército Brasileiro e a Coca-Cola, fizeram a alegria dos catadores do lixão de Cuiabá e dos participantes do projeto “Sopão Carente Solidário”, do Bairro Silvanópolis, nesse sábado (3).

Ao todo, foram entregues 345 cestas básicas, mais de 500 packs de Coca-Cola e distribuídos leite, bolachas, doces e roupas.

A catadora Jeucimara Silva, 27 anos, esteve presente na entrega das cestas e também contribuiu na organização das entregas no lixão de Cuiabá. Em entrevista ao LIVRE comentou que já pegou a covid-19. Como ela foi vítima da doença, levou consigo quatro caixas de máscaras descartáveis e álcool, por preocupação com seus colegas.

Jeucimara Silva (Foto: Isabella Suzuki)

O LIVRE também conversou com outros dois catadores antigos. Gelson da Silva, 44 anos, trabalha como catador de lixo há mais de 10 anos, criou filhos e netos e vive disso até hoje.

“Estou muito feliz em receber essa cesta, eu e minha família estávamos realmente precisando”, disse.

Gelson da Silva (Foto: Isabella Suzuki)

Já Alvino de Arruda Dias, 59 anos, sustenta-se quase 15 anos como catador de lixo.

“Essa ajuda veio em uma época muito boa, pois só a minha esposa tem o auxílio do Governo, então ajudará bastante”, afirmou Alvino.

Alvino de Arruda Dias (Foto: Isabella Suzuki)

Exército

O grupo Humanizando contou com a ajuda do Exército Brasileiro, da Capelania Militar da 13ª Brigada em Cuiabá-MT. Eles auxiliaram na entrega das cestas básicas e também dos packs de Coca-Cola. Além disso, contribuíram com o transporte para as entregas.

“É tempo de reflexão, primeiramente pela morte e ressureição de Jesus Cristo, mas também pelo momento de pandemia que estamos vivendo”, afirmou o tenente Bianchini.

Bairro Silvanópolis

Ainda no período da manhã, o grupo Humanizando se deslocou para o Bairro Silvanopolis em Cuiabá, onde continuou as entregas arrecadadas por doações. No local, dona Antônia, mais conhecida como irmã Antônia, é responsável pelo “Sopão Carente Solidário” e foi através deste projeto que o grupo Humanizando organizou cestas básicas para mais de 140 famílias.

Irmã Antônia (Foto: Isabella Suzuki)

O grupo Humanizando em parceria com o LIVRE, agradece todas as doações recebidas. Graças a todo o apoio foi feito um trabalho lindo.

No próximo sábado (10) será realizada a entrega de doações para as pessoas que vivem do aterro sanitário de Várzea Grande.

Para saber mais, entre em contato pelos números (65) 99208-1533, (65) 98115-6089, ou pelo Instagram: @grupohumanizando.

(Foto: Isabella Suzuki)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrivatizações: Governo realiza leilão do setor aeroportuário
Próximo artigoGás natural ficará 30% mais caro para distribuidoras a partir de maio