Volta às aulas: Prefeitura de Cuiabá libera educação infantil, mas só a particular

Novo decreto de flexibilização das medidas de proteção ao coronavírus ainda autoriza o uso de espaços comuns em condomínios residenciais

Imagem Ilustrativa (Foto: Seduc)

A partir do 10 de setembro, unidades de ensino infantil (berçário I e II e maternal I) da rede particular estarão autorizadas a retomar as atividades em Cuiabá. A medida foi anunciada pela prefeitura, no início da tarde desta quarta-feira (2).

A expectativa do setor para o decreto municipal, no entanto, acabou de certa forma frustrada. O retorno das atividades é restrito, não vale para creches públicas e nem para alunos de séries mais adiantadas.

As demais modalidades de ensino permanecem com as atividades presenciais suspensas, pelo menos, até 30 de setembro. 

LEIA TAMBÉM

Condomínios

No mesmo decreto, o município também autorizou condomínios residenciais a reabrirem suas áreas de uso comum, como salões de jogos, academias, playgrounds, brinquedotecas, piscinas, quiosques, salões de festas e congêneres.

Em amos os casos – creches e condomínios -, medidas de biossegurança e distanciamento social devem ser adotadas.

Além disso, o decreto determina a prorrogação do toque de recolher em Cuiabá, do dia 7 até 21 de setembro. O período em que fica vedado circular pelas ruas – a menos que em casos de urgência – continua sendo das 23h às 5h.

Veja todas as novas medidas

  • Condomínios: Liberado o uso dos espaços de uso comum. Cabe aos síndicos e administrações definir a melhor forma de ocupação, respeitando todas as medidas de biossegurança e recomendações para evitar aglomerações.
  • Rede privada de ensino: Berçário, maternal 1 e 2 retomam dia 10/09 com 50% da capacidade da sala de aula, respeitando limite máximo de 15 alunos por turma.
  • Rede pública de ensino: prorrogada a suspensão até 30/09.
  • Toque de recolher das 23h às 5h: prorrogado até 21/09.
  • Parques públicos municipais: reabertos para atividades esportivas individuais, a partir do dia 8 de setembro, respeitando as medidas de biossegurança.
  • Conveniências de postos de gasolina: Liberado funcionamento no mesmo no horário de funcionamento do posto que está localizado, respeitando o toque de recolher e liberado consumo no local.
  • Distribuidoras de bebidas: liberado funcionamento de segunda a domingo das 9h às 22h.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorChefe denuncia empregada por falsificar atestados médicos durante um ano
Próximo artigoCandidato a prefeito: DEM aguarda pesquisa para decidir entre Fábio, Bussiki e Botelho