Vítimas de roubo se escondem em matagal, chamam a polícia e ladrão leva tiro nas nádegas

Na fuga, os suspeitos atiraram contra os policiais, que reagiram e atingiram um deles na região íntima

Foto: Divulgação

Uma situação atípica de suspeito atingido em troca de tiros foi registrada nessa terça-feira (27), na zona rural de Cuiabá. Depois de realizar um roubo em uma chácara, em que algumas vítimas conseguiram se esconder em um matagal, um dos suspeitos, em fuga e troca de tiros com a Polícia Militar, acabou atingido por um tiro nas nádegas.

O roubo aconteceu na Chácara Recanto dos Amigos, situada próximo ao Bairro Nova Esperança, no sentido da cidade de Santo Antônio de Leverger. Uma das vítimas conseguiu avisar o filho sobre o roubo quando ainda estava em andamento e este acionou a Polícia Militar.

Segundo a denúncia do rapaz, três homens armados invadiram a chácara da família e estariam prestes a fugir utilizando uma Mitsubishi Pajero de cor branca. Durante o roubo, algumas vítimas se esconderam em um matagal e, por isso, conseguiram avisar o rapaz que fez a denúncia.

Os policiais estavam a caminho do local quando viram o veículo denunciado na saída da chácara. Assim que viram a equipe, os suspeitos tentaram fugir em alta velocidade.

Durante a fuga, eles atiraram contra os policiais, que reagiram também atirando. Foi nesse momento que um dos suspeitos acabou atingido com um tiro nas nádegas.

Depois de algum tempo, o motorista da Pajero perdeu o controle do veículo e bateu em uma cerca. Os suspeitos não desistiram e ainda tentaram fugir a pé, uma ideia que não foi bem-sucedida, visto que eles acabaram precisando se render.

Todo material roubado na chácara foi recuperado e devolvido aos proprietários. O suspeito atingido precisou ser encaminhado ao Pronto-Socorro de Cuiabá, onde recebeu atendimento médico.

O caso foi registrado como roubo, tentativa de homicídio, tortura, cárcere privado, porte ilegal de arma de fogo, direção perigosa, sequestro, resistência e desobediência.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTemer nomeia diretores da nova Agência Nacional de Mineração
Próximo artigoExposição fotográfica revela a originalidade do cotidiano familiar no Goiabeiras Shopping