Vítimas de roubo encontram assaltante logo após serem libertadas e o atropelam

Suspeito, que havia ameaçado estuprar vítima e até atear fogo em casal e criança, acabou correndo até a polícia e pedindo ajuda

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Uma família moradora do Bairro Jardim Aeroporto, em Cáceres (220 km de Cuiabá), foi vítima de um violento roubo com cárcere privado na noite desse domingo (3), em que a mulher sofreu ameaça de estupro e todos de serem queimados vivos.

Depois de serem libertados, porém, eles encontraram os assaltantes na rua e um deles os ameaçou com uma faca. Com medo, o homem do casal reagiu atropelando o bandido.

O roubo

Conforme relato da vítima, ela estava em casa dormindo om o namorado e o filho quando os bandidos entraram na casa e os mantiveram em cárcere privado.

Os ladrões tentaram abusar sexualmente da mulher, dizendo que iriam matá-la. Depois colocaram o casal e a criança no carro da vítima masculina, um Ônix prata, e ficaram dando voltas na cidade.

Eles acabaram parando na casa de um travesti, que entrou no veículo. O grupo foi em alguns pontos da cidade e em um local jogaram álcool nos corpos do casal e da criança, ameaçando a todo momento atear fogo nos três e no carro.

Por fim, retornaram à casa do travesti, no Bairro Cohab Velha, onde libertaram as vítimas e o veículo. O casal foi para casa e a jovem contou para o pai o ocorrido.

Encontro com ladrão

Eles foram até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, no caminho, na Rua Joaquim Murtinho, encontraram os suspeitos. A família resolveu tentar abordar e imobilizar os suspeitos para acionar a Polícia Militar, mas um dos dois sacou uma faca e partiu para cima do pai da vítima.

Em reação, o namorado, que estava no volante, jogou o carro para cima do ladrão e o atropelou, causando escoriações nele, que saiu correndo e parou no quartel da Polícia Militar para pedir ajuda.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conduziu o ladrão ao Hospital Regional para receber atendimento médico.

A vítima mulher ficou com lesões pelo corpo. Os bandidos roubaram uma caixinha de som e R$ 200. Ambos foram presos, sendo que um ficou hospitalizado.

O caso foi registrado como roubo, lesão corporal, sequestro e cárcere privado e tentativa de estupro.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTeve prejuízo com a queda do Whatsapp? Especialista diz que usuário pode pedir indenização
Próximo artigoCanabidiol no SUS