Vítima luta com assaltante e se livra de tomar seis tiros

Homem conseguiu desarmar o ladrão e, no final, três bandidos foram presos

Foto: Imagem Ilustrativa

Um assalto no Bairro Santa Cruz II, em Cuiabá, na noite dessa segunda-feira (19), acabou com vários tiros disparados, o ladrão desarmado pela vítima, dois jovens de 18 anos presos e um menor, de 17 anos, apreendido.

O roubo aconteceu por volta das 20 horas, quando a vítima, um homem de 36 anos, chegava em casa em seu veículo, um Ford Ka branco.

Conforme o boletim de ocorrência, quando estava fechando o portão, um dos bandidos passou por baixo, armado. A vítima viu pelo retrovisor e desceu do carro.

O suspeito, então, disse: “perdeu, passa o veículo” e já deu o primeiro tiro, que atingiu a porta do motorista.
O dono do carro reagiu e iniciou uma luta com o bandido, que atirou várias vezes, mas não acertou nenhum disparo.

Quando as munições acabaram, o ladrão começou a dar coronhadas na cabeça do proprietário da casa e a morder a mão dele.

O tempo todo o suspeito dizia que iria matar o dono da casa e toda a família dele. Em meio à luta, a vítima conseguiu desarmar o assaltante, que saiu correndo, abandonando a arma para trás.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que ouviram os tiros e, no caminho para o local indicado, já encontrou dois suspeitos que tinham ficado dando cobertura do lado de fora. O terceiro foi encontrado em um matagal, pouco tempo depois.

O dono da casa afirmou que viu os três jovens quando chegou, mas somente um entrou. Devido às coronhadas na cabeça, ele precisou ser encaminhado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Morada do Ouro, onde recebeu cuidados médicos.

No caminho para a delegacia, o assaltante que entrou na casa ficou ameaçando o menor, dizendo que se ele não assumisse ser o dono da arma, seria assassinado.

O caso foi registrado como roubo, lesão corporal e corromper ou facilitar corrupção de menores.