Vítima de maus tratos, menina foge para a casa de professora

Adolescente tem histórico de depressão e já tentou se matar três vezes

Uma garota de 15 anos que vive em Poconé (cerca de 100 km de Cuiabá) resolveu fugir de casa e foi buscar abrigo com uma professora. O motivo, segundo relato do Conselho Tutelar, seriam constantes maus tratos por parte dos pais.

A menina chegou a casa da professora por volta das 18h de sexta-feira (13). Cerca de três horas depois, o caso foi comunicado à polícia pela conselheira tutelar que já acompanhava a situação.

De acordo com o boletim de ocorrência, a garota mora com a mãe e um padrasto. Enquanto a mulher lhe bate e humilha na frente de outras pessoas, o homem a persegue, observa quando troca de roupa e comete outros tipos de assédio.

O pai não mora mais na mesma casa, mas também maltrata a garota quando estão juntos. Segundo o relato à polícia, ele tem o hábito de trancar a menina em seu quarto e até dentro do carro.

Na escola, a garota já foi acompanhada por psicólogos e diagnosticada com sintomas de depressão. Há também o registro de três tentativas de suicídio por parte dela.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada no Adolescente de Várzea Grande. O boletim de ocorrência não informa se a garota continua ou não com a professora.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEm Cuiabá, Gusttavo Lima canta até o nascer do Sol; confira as fotos
Próximo artigoProdutores de Cats defendem o filme das críticas negativas sobre efeitos visuais