Vídeos | Tentativa desastrada de assalto termina com uma vítima ferida e assaltante espancado

Um dos ladrões atirou acidentalmente na vítima e deixou comparsa para trás; então, vítimas espancaram e entregaram ladrão abandonado à polícia

(Foto: reprodução)

Um assalto a um estabelecimento comercial no Bairro Parque Ohara, em Cuiabá, nessa quinta-feira (19), saiu completamente fora dos planos dos ladrões e acabou com uma vítima ferida acidentalmente e um dos ladrões espancados pelas vítimas.

O crime aconteceu por volta das 14h30. Os ladrões entraram na loja em trio, um de vermelho, um de azul e um de cinza, passando-se por clientes.

Após alguns minutos, o de vermelho, que estava armado, anunciou o assalto e mandou os funcionários se deitarem no chão.

Ele pegou um celular e uma pulseira de ouro. Mas quando foi pegar um notebook, atrapalhou-se e atirou acidentalmente em uma das vítimas, de 33 anos.

Uma câmera de segurança do estabelecimento filmou a ação. Veja:

Apavorado com o feito, o ladrão e o comparsa de azul saíram correndo e deixaram o de cinza para trás. A cena também foi gravada por câmeras de segurança da loja.

Funcionários, então, renderam o terceiro ladrão e o agrediram. Depois, o seguraram até a chegada da Polícia Militar.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou a vítima baleada ao Hospital Municipal de Cuiabá.

A bala atingiu o braço dele, entrou pela costela e está alojada perto da coluna, mas não atingiu nenhum órgão vital. A vítima está na UTI sob observação, mas, segundo a família, não corre risco de vida.

O suspeito preso, de 26 anos, entregou o local em que um dos comparsas mora, no Loteamento Sampaio, região do Bairro Pedra 90.

Os policiais foram até o local mas, quando se aproximaram, o suspeito fugiu pulando muros e entrando em uma região de mata. Ele segue foragido.

O caso foi registrado como formação de quadrilha ou bando, roubo e tentativa de homicídio doloso.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistra diz que economias vivem “inflação dos alimentos” por causa da pandemia
Próximo artigo“Não corresponde às expectativas”