Vídeo | “Aborto é agressão ao corpo da mulher e assassinato”, diz Damares

Ministra reforçou suas críticas ao aborto e questionou a lei argentina que flexibilizará o aborto no país

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves publicou um vídeo em que aparece, mais uma vez, fazendo críticas ao aborto. Na publicação, ela responde duramente uma pergunta feita sobre a lei que pode flexibilizar a prática na Argentina.

Damares avalia ser “tão primitivo” que no ano de 2020 as pessoas ainda falem em legalizar o aborto. Para a ministra, o caminho é incentivar o planejamento familiar e combater os crimes de estupro.

A ministra ainda explicou suas críticas afirmando que o método é cruel e desumano.

“O aborto é agressão ao corpo da mulher e é assassinato! O que nós temos que ter no Brasil e o que que a Argentina tinha que estar lutando? Por mais políticas públicas de planejamento familiar!”, concluiu.

Veja o vídeo

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEmpresas apresentam propostas para concessão de 512 km de rodovias em MT
Próximo artigoEleitos pela pandemia?