Vício em rede social? Pesquisa alerta sobre prejuízos para saúde mental

Estudiosos dizem que a exposição demasiada a imagens idealizadas leva a uma maior insatisfação com o próprio corpo

Ferramenta é usada para comunicação entre amigos e comercialização de produtos (Foto: Reprodução/O Livre)

Alerta! Pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) analisaram o tempo gasto no Instagram e a relação com a depressão, ansiedade e preocupação excessiva com a aparência física. O resultado é alarmante: o uso da rede social pode trazer prejuízos para a saúde mental.

Para a pesquisa, feita em parceria com o Centro de Estudos da Família e do Indivíduo (CEFI), os estudiosos adaptaram uma escala para quantificar o vício no Instagram.

A plataforma conta com quase 900 milhões de usuários. No Brasil, em média, cada um deles gasta cerca de 1h32 do dia no aplicativo; aproximadamente 30% da população do país tem perfil ativo.

A rede social possibilita o compartilhamento de fotos e vídeos, transmissões ao vivo (lives) e troca de mensagens.

Durante a pandemia, tornou-se rotina navegar pelo Instagram e outras redes. O problema é que a exposição demasiada a imagens idealizadas leva a um decréscimo na auto avaliação da atratividade, aumentando a insatisfação corporal.

Para o estudo foi utilizada a Escala Bergen de Adição ao Instagram (EBAI), uma adaptação da Bergen Addiction Facebook Scale (BFAS), medida amplamente usada internacionalmente para quantificar o vício no Facebook.

“Os resultados mostram que o vício em Instagram está diretamente relacionado com níveis maiores de estresse, depressão e ansiedade, o que sugere que o uso intenso pode trazer prejuízos à saúde mental. É latente a necessidade de incentivar um uso responsável das redes sociais”, alerta o professor Renan Monteiro, um dos pesquisadores.

A pesquisa foi publicada em um revista científica e pode ser acessada integralmente.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPelo Twitter, Dilma acusa Bolsonaro de “destruir” o SUS
Próximo artigoHomem é agredido pela esposa com raquete de matar mosquito