Vice-líder, Medeiros discorda e quer alterar projetos de Bolsonaro para o trânsito

Com experiência de 20 anos na PRF, deputado é o autor do projeto que obriga o uso de farol baixo nas rodovias

José Medeiros (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Descontente com as alterações propostas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) no Código de Trânsito Brasileiro, o vice-líder do governo na Câmara Federal, deputado José Medeiros (PODE-MT) deve propor alterações na matéria.

Agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com experiência de 20 anos de trabalho, Medeiros afirma a importância da cadeirinha de transporte de criança e a necessidade do farol acesso em rodovias, mesmo durante o dia. Esta última obrigação, inclusive, nasceu de um projeto do próprio José Medeiros, quando senador.

Na avaliação do deputado, ao propor as mudanças na legislação, Bolsonaro pensou apenas no bolso do cidadão, não na segurança do trânsito. Medeiros também negou haver uma “indústria da multa” como o presidente tem repetido.

“Neste caso, eu e o presidente pensamos diferentes”, destacou o vice-líder, pontuando acreditar que o assunto vai gerar muito debate.

No caso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o projeto de Bolsonaro aumenta de 20 para 40 pontos por ano o limite de infrações que um motorista pode cometer antes de ser impedido de dirigir; aumenta a validade do documento de 5 para 10 anos e o tempo de renovação no caso de pessoas idosas.

O presidente também quer acabar com a multa para crianças transportadas no banco de trás sem o uso de cadeirinha e para o não uso dos faróis baixos durante o dia em rodovias.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRevitalização do Morro da Luz
Próximo artigoMega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 125 milhões