Véu de Noiva e Portão do Inferno em reforma

R$ 50 milhões em infraestrutura turística

A Cachoeira Véu de Noiva não poderá ser vista no período de suspensão de visitas (Foto: Divulgação)

O governo de Mato Grosso vai investir R$ 50 milhões em infraestrutura turística no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. O dinheiro será empregado no Complexo Véu de Noiva e no Portão do Inferno.

As obras foi anunciadas nesta terça-feira (10), após o Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMbio), responsável pela gestão do parque, assinar uma autorização para a realização das intervenções.

Conforme o projeto, o Complexo Véu de Noiva terá a construção de estrutura com escadas, elevador, e passarelas para conferir a cachoeira de perto. Já o Complexo do Portão de Inferno vai contar com mais de 1 mil m² de área construída, contendo lanchonete, estacionamento, praça e área de contemplação, além de uma passarela de vidro suspensa sobre um penhasco com mais de 70 metros de altura.

As obras devem ser finalizadas até dezembro de 2022.

(Informações da Assessoria)

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça recebe denúncia contra 10 pessoas pelo sequestro e morte de aposentado
Próximo artigo‘De olho’ em 2022: Alckmin diz que pretende sair do PSDB