Vereadora é perseguida, cercada e tem carro alvejado em rodovia

A vereadora afirma estar sofrendo retaliação política; ela estava com a família no veículo e conseguiu fugir

A vereadora Giseli Paim; o carro ficou com uma bala alojada

A vereadora por Santo Antônio de Leverger (40 km de Cuiabá) Giseli da Costa Ribeiro Paim (PTB) registrou um boletim de ocorrência afirmando que seu carro foi perseguido, cercado e alvejado na noite dessa sexta-feira (05), na MT-040, estrada para Santo Antônio de Leverger.

Conforme o boletim de ocorrência, a vereadora trafegava com seu automóvel, um Kia Picanto de cor vermelha, quando, logo após o Novo Hospital Júlio Muller, percebeu que estava sendo seguida por um veículo VW Gol de cor branca, que passou a dar sinais com luz alta para ela.

Pensando que o veículo a queria ultrapassar, a vereadora diminuiu a velocidade. Porém, nesse momento, segundo o relato dela à polícia, o Gol com quatro homens parou e dois deles desceram do carro.

A vereadora teve tempo de ver que o motorista do Gol estava armado e, temendo por sua vida e pela de sua família, que também estava no carro, decidiu arrancar com o veículo e fugir para Santo Antônio de Leverger.

Os suspeitos, então, atiraram três vezes contra o veículo da vereadora, sendo que um dos disparos acertou a traseira do veículo e a bala ficou alojada na lataria.

Giseli Paim foi, imediatamente, até a Polícia Militar registrar o fato e equipes saíram em buscas dos suspeitos, porém, até o momento, ninguém foi encontrado.

No boletim de ocorrência, a vereadora afirmou que “nos últimos dias vem sofrendo retaliação política após denúncias, não podendo afirmar que a tentativa de roubo [como o caso foi registrado], está relacionada ao fato ocorrido”.

O caso foi encaminhado à Polícia Judiciária Civil, que dará início às investigações.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS