Vereador quer igrejas abertas

Dilemário Alencar quer que governo de MT e Prefeitura de Cuiabá suspendam restrições para cultos e missas durante a pandemia

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Vereador por Cuiabá, Dilemário Alencar (Podemos) quer que os cultos e missas fiquem de fora do decreto do governador Mauro Mendes (DEM), de restrição na circulação de pessoas pelos próximos 15 dias. 

Ele diz que os decretos federal nº 10.282/20 e municipal nº 7.970/20 definem as atividades religiosas como de caráter essencial.

Dilemário enviou ofício ao governador contestando o decreto anunciado nessa segunda-feira (1º). 

Também antecipou o pedido ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), cujas medidas devem ser anunciadas nesta terça-feira (2). 

“Estou pedindo que seja observada a existência dos decretos, para que as igrejas continuem realizando cultos e missas nos domingos no período noturno, até às 20 horas”, disse. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAL aprova multa a quem não usar máscara e gerar aglomeração em MT
Próximo artigoMPF quer suspender toque de recolher em Mato Grosso