Vereador de VG: um ótimo negócio

Em quatro anos, vereadores de VG aumentam patrimônio em até 320%

(Foto: Assessoria)

Em quatro anos, os vereadores que disputam a reeleição em Várzea Grande conseguiram aumento de patrimônio expressivos, ou saíram do zero para obter quantias muito acima do normal para um trabalhador de verdade.

O vereador Miguel Angel Claros Paz, conhecido como Dr. Miguel, declarou R$ 694 mil em patrimônio nas eleições de 2016. Quatro anos depois, saltou para R$ 1,094 milhão. Ou seja, aumento de 57%. O bem mais valioso é lote urbano no bairro Jardim Kataguas, em Várzea Grande, avaliado em R$ 400 mil.

Quem também obteve aumento substancial de patrimônio foi o presidente da Câmara Municipal de Várzea Grande, vereador Fábio José Tardin, o Fabinho (DEM). Em 2016, o parlamentar declarou zero de patrimônio e, agora, R$ 286,9 mil.

O patrimônio atual inclui veículo, apartamento avaliado em R$ 200 mil e quantias em dinheiro.

Outro que obteve ascensão patrimonial recorde foi o vereador e candidato à reeleição Valdemir Bernardino de Souza, o Nana (DEM). Em 2020, declarou R$ 373 mil à Justiça Eleitoral, o que inclui uma casa localizada no bairro Cristo Rei avaliada em R$ 260 mil e veículos como Toyota e Onix. Em 2016, tinha zero de patrimônio.

O vereador Ivan dos Santos (Solidariedade) conseguiu um salto de 266% no patrimônio. Em 2016, foi declarado R$ 165 mil. Em 2020, são R$ 604,6 mil.

Candidato à reeleição, o vereador Clayton Nassarden Guerra, o Sardinha (PTB), declarou atualmente como único patrimônio um imóvel no bairro Mapim, em Várzea Grande, avaliado em R$ 200 mil.

Em 2016, os únicos bem eram dois terrenos que somavam R$ 80 mil. Ou seja, mais que dobrou o patrimônio.

O vereador Nilo Campos (DEM) declarou R$ 85 mil em 2016. Quatro anos depois, aparece como candidato à reeleição com patrimônio declarado de R$ 361 mil. Ou seja, aumento de 324%.

Há casos curiosos em Várzea Grande de vereadores que disputam a reeleição e nas eleições de 2016 e 2020 asseguram que não tem nada de patrimônio. É o caso dos vereadores Chico Curvo (PTB) e Pedro Paulo Tolares, o Pedrinho (DEM).

Dos atuais 21 vereadores, apenas três não disputam a reeleição: Rodrigo Coelho (PTB), João Tertuliano de Barros Filho, o Joãozito (DEM) e Edilei Roque de Cezaro, o Neni Chimarrão (PTC).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCriança sofre abuso sexual em loja de departamentos dentro de shopping
Próximo artigoMP vê patrimônio nove vezes maior e reforça impugnação de Pátio