Venezuelana é assassinada por ex-namorado brasileiro em Mato Grosso

Ex-namorado assumiu ter cometido o crime e confessou onde escondeu o corpo da jovem, em um barracão de reciclagem da família dele

Foto por: PJC-MT

Uma venezuelana de 25 anos, identificada como Ysabeel Jose Vegas Lezama, foi encontrada morta nessa quarta-feira (5) em um barracão de reciclagem em Ribeirão Cascalheira (890 km de Cuiabá). O ex-namorado dela, Reginaldo Moreira da Silva, brasileiro de 25 anos, foi preso ao assumir ter cometido o crime.

Desaparecimento

O irmão de Ysabeel procurou a polícia na terça-feira (4) para comunicar o desaparecimento da irmã. Ele informou que é venezuelano e mora em Água Boa (750 km de Cuiabá), e sua irmã, que também é venezuelana e morava na mesma cidade, mudou-se para Ribeirão Cascalheira para ficar perto do namorado, Reginaldo.

Ysabeel tem três filhos, que ficaram em Água Boa com os pais dela. Segundo o irmão, o namorado dela é filho do dono de uma empresa de reciclagem que tem sede nas duas cidades.

Porém, esse namorado havia sido casado anteriormente e, após um mês de relacionamento com Ysabeel, havia reatado o casamento e terminado o namoro com a jovem.

No dia 28 de dezembro, Ysabeel teria trabalhado até meio-dia e depois desaparecido, não retornando ao trabalho e nem entrado mais em contato com a família.

Preocupado, visto que a irmã não tem costume de ficar sem dar notícia, o irmão foi para Ribeirão Cascalheira em busca de notícias.

Ysabeel morava com outro venezuelano, que também não tinha nenhuma informação, apenas que ela havia saído para procurar uma casa para alugar e sumido. Ela havia deixado todos os documentos na casa, bem como seu carregador de celular.

O irmão informou à polícia, ainda, que a irmã não poderia ter viajado, pois ainda não havia recebido seu salário, e que ele acreditava que ela não tinha problemas com o ex-namorado, nem com o amigo que morava com ela, não tinha problemas mentais e nunca falou em suicídio.

Investigação

A polícia começou a investigar o caso e chegou ao ex-namorado de Ysabeel, Reginaldo, natural do Rio Grande do Norte, mas que morava em Ribeirão Cascalheira há cerca de quatro meses.

Em parceria, as polícias Militar e Civil encontraram o jovem na empresa de reciclagem da família dele. Questionado, ele acabou confessando que havia matado a ex-namorada com cerca de cinco facadas e ainda teria tentado dar mais algumas no pescoço dela.

Depois, ele contou ter jogado o corpo dela nos fundos do barracão de reciclagem em que trabalha. Ele afirmou ter cometido o crime porque a vítima teria dito a ele que estava em outro relacionamento por não aguentar a vida que estava vivendo com ele, visto que o namoro dos dois vinha de uma série de desavenças.

Ele mostrou à polícia a localização exata do corpo de Ysabeel, embaixo de vários sacos de lixo, atrás do barracão de reciclagem.

O caso foi registrado como feminicídio e ocultação de cadáver.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLula fala em revogar reforma trabalhista caso seja eleito em 2022
Próximo artigoTJMT alerta população sobre golpe dos precatórios