Vendedores de tapetes artesanais são executados dentro de quitinete

Crime pode estar relacionado ao conflito entre facções criminosas rivais

Foto: Assessoria Polícia Civil

Três vendedores de tapetes artesanais foram assassinados na madrugada deste sábado (19) dentro de uma quitinete no Bairro Nova Esperança III, em Cuiabá.

A Polícia Militar foi acionada por moradores que ouviram tiros no interior da quitinete. Uma equipe foi até o local e encontrou, dentro de um dos quartos, três homem caídos no chão com várias perfurações de tiros.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas apenas pôde constatar o óbito.

Conforme o boletim de ocorrência, moradores informaram à polícia que cerca de 10 rapazes, vendedores de tapetes, estavam alojados no conjunto de quitinetes.

Por volta do dia 14 deste mês, quatro homens teriam ido ao local, revistado os rapazes e questionado se eles eram da facção Primeiro Comando da Capital (PCC). Todos responderam que não e os homens foram embora.

Porém, nenhum boletim de ocorrência sobre o ocorrido no dia 14 foi registrado.

Dos 10 vendedores, três retornaram para São Paulo e, dos sete que ficaram, apenas três estavam na casa quando os atiradores chegaram neste sábado (19).

O restante não foi localizado.

O caso foi registrado como homicídio e está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), que está identificando as vítimas e apurando as causas da execução.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS