Veja 4 curiosidades sobre Sweet Tooth, nova série de sucesso da Netflix

Série é o mais novo sucesso da Netflix

Reprodução

Sweet Tooth estreou recentemente, em 4 de junho, na Netflix e já conquistou o coração de uma parcela de fãs.

A série traz a história de Gus, um humano híbrido, que enfrenta um mundo pandêmico no qual crianças meio humanas e meio animais começam a nascer sem uma explicação aparente, causando uma revolução no que era considerado “normal” na Terra.

Com tanto sucesso, a série também guarda alguns segredos bastante inusitados que separamos aqui. Uma delas é que o diretor de fotografia Dave Garbett e o cineasta Jim Mickie buscaram muita influência de Steven Spielberg para criar a atmosfera da série misturando tons de Jurassic Park, E.T.: O Extraterrestre Indiana Jones.

A série também aposta em efeitos práticos e um deles se destacou dos demais com o personagem Bobby, um híbrido de marmota, que conquistou os fãs por ser bastante fofo. O personagem é feito através de um boneco real, uma marionete, conferindo maior grau de realismo.

Para conferir esse efeito realista dos humanos híbridos, muitas das orelhas dos personagens, que são de característica animal, também são robóticas realizadas em efeitos práticos.

A abordagem ajuda os atores durante as gravações a reagirem conforme emoções mais complexas acontecem com o auxilio da manipulação das orelhas dos personagens.

Por fim, a série teve um hiato de gravações de um ano inteiro. Isso aconteceu por conta do piloto ter sido gravado para o Hulu.

Até a Netflix conseguir os direitos da produção, levou um tempo considerável. Após o processo ter terminado, só então que as gravações do restante da temporada puderam recomeçar.

A série está totalmente disponível na Netflix.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOperação Rota Final: Foragido, empresário recorre ao STF para evitar prisão em MT
Próximo artigoContra a PEC de benefício parlamentar