Vazio sanitário do algodão termina nesta sexta para municípios da Região I

Durante o vazio sanitário não pode haver restos culturais, denominados de plantas com risco fitossanitário.

Foto: Assessoria

O período obrigatório do vazio sanitário do algodoeiro termina nesta sexta-feira (30.11) para os municípios da Região I. O plantio para esta região está estabelecido de 01 de dezembro a 28 de fevereiro. Em Mato Grosso, o calendário é divido em duas regiões conforme a Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 001/2016.

Já para os municípios da Região II, o vazio sanitário da cultura do algodão continua até 14 de dezembro, e o plantio está normatizado de 15 de dezembro a 28 de fevereiro. Durante o vazio sanitário não pode haver restos culturais, denominados de plantas com risco fitossanitário. O vazio sanitário é uma medida para controle do bicudo-do-algodoeiro, uma praga com alto potencial de dano nessa cultura.

Equipes do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), estão em campo fiscalizando se há presença de plantas com “risco fitossanitário”, que são plantas do algodoeiro tigueras acima do estádio V3 e plantas rebrotadas (soqueiras) com mais de quatro folhas por broto ou presença de estruturas reprodutivas (botão floral, flores, maçãs e capulhos).

A multa para quem descumprir o período é de 30 Unidade Padrão Fiscal (UPF-MT), mais 2 UPF por hectare de planta não eliminada.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGalos de rinha avaliados em quase R$ 5 milhões vão para o abate em MT
Próximo artigoPalocci deixa prisão em Curitiba

O LIVRE ADS