Várzea Grande: MP recomenda que prefeitura suspenda contratação de serviço de radar

Ministério Público elaborou relatório que aponta uma série de inconsistências no processo de contratação

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O Ministério Público de Mato Grosso notificou a Prefeitura de Várzea Grande para que suspenda o processo licitatório que pretende contratar uma empresa especializada no monitoramento eletrônico do trânsito. A ideia do município é, além de controlar a velocidade dos veículos, fazer a identificação por meio de vídeo captura.

O problema, segundo o MP, está no processo de contratação.

De acordo com a Promotoria de Justiça, um relatório técnico apontou 15 inconsistências no procedimento licitatório. Entre as falhas estão a ausência de embasamento técnico que justifique a impossibilidade de contratações fracionadas; restrições à competitividade e à obtenção de proposta mais vantajosa; dificuldade na fiscalização do contrato e ausência de composição de todos os custos.

O relatório destaca também que as exigências de capacidade técnica dificultam a ampla concorrência, assim como a previsão de um quantitativo mínimo de serviços a serem presetados. O mesmo vale para a especificação de tecnologia e do tipo de radar.

A notificação foi expedida na segunda-feira (4). O MP estabeleceu um prazo de 15 dias para que o Município informe se acatará ou não a recomendação.

O que diz a Prefeitura de Várzea Grande?

Ao LIVRE, a prefeitura informou que ainda não foi notificada. Destacou, contudo, que a Justiça já negou duas ações propostas por empresas que disputaram a licitação e questionavam regras do edital. O mesmo ocorreu contra todos os recursos administrativos contra a licitação.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFlorianópolis deve abandonar uso obrigatório de máscaras em novembro
Próximo artigoTemporais derrubam quase 100 postes em dois dias em MT