Várzea Grande libera comércio, cultos e escolas particulares a partir de hoje

Estabelecimentos poderão funcionar no máximo das 5h às 20h, com lotação de 50% e cumprimento de regras de distanciamento

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Prefeitura de Várzea Grande liberou a abertura do comércio e atendimento de serviços com horário restrito. Autorizou também a retomada das aulas híbridas nas escolar particulares, a partir desta terça-feira (6).  

As novas regras de isolamento na pandemia estão em decreto assinado nessa segunda-feira (5) pelo prefeito Kalil Baracat (MDB). Servem de base para a medida o decreto estadual nº 874/2021 e o decreto federal nº 10.282/2020. 

O município continua em situação de emergência por causa da pandemia por mais 60 dias. 

O prefeito liberou a abertura dos serviços essenciais elencados no decreto federal das 8h às 20h, com limitação a 50% da capacidade máxima. A lista inclui shopping center, lojas de varejo e atacado, distribuidoras de bebida, lanchonetes e pizzarias, bares e congêneres. 

O horário é válido de segunda à sexta-feira. Nos fins de semana, o tempo de atendimento varia. Os shopping centers poderão funcionar das 8h às 12h, com autorização para a praça de alimento até às 14h e os serviços de delivery até às 23h59. 

Shopping, varejo, supermercado 

O comércio varejista e atacadista e as distribuidoras de bebidas, aos sábados e domingos, poderão atender das 8h às 12h. Está mantida a proibição de consumo de bebidas alcoólicas no local. 

Supermercados, mercearias e feiras poderão atender de segunda-feira a sábado das 5h às 20h e, no domingo, das 5h às 12h. Padarias, açougues e similares seguem o mesmo esquema de horários. 

As lojas de conveniência nos postos de combustível funcionam, com capacidade máxima de 50% de lotação, de segunda-feira a sexta-feira das 5h às 20h, e aos sábados e domingos das 5h às 12h, mas podem realizar delivery em todos os dias até às 23h59. 

Escolas e cultos 

As escolas particulares estão autorizadas e a retomar as aulas híbridas (remoto e presencial) a partir de hoje. Elas deverão manter as regras estabelecidas para o início de março: lotação de 50% da capacidade máxima e as medidas de higienização. 

As escolas públicas deverão entrar no modelo a partir de 1º de maio. O decreto ressalva que as datas poderão ser alteradas e regras em vigor modificadas a depender da evolução da pandemia. 

Igrejas, templos e outros instituições religiosas poderão manter cultos e outras atividades religiosas de segunda-feira a sexta-feira, das 5h às 19h, e aos sábados e domingos das 5h às 12h. 

Para isso, terão que respeitar o limite de 30% da capacidade de lotação, disponibilizar produtos de higienização, respeitar a distância de 1,5 metro entre as pessoas e controlar o acesso de pessoas do grupo de risco, como doentes e idosos. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFrota de ônibus maior em Cuiabá
Próximo artigoAnvisa alerta para riscos da automedicação