Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019

Pecuária e algodão registraram aumento de 4,4% e 17,2%, respectivamente

Foto: Embrapa/Sergio Cobel da Silva

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) estimado para 2019, com base nas informações de junho, é de R$ 602,8 bilhões, com acréscimo real de 1,1% em relação a 2018. A pecuária teve acréscimo de 4,36% em relação ao ano passado e a lavoura ligeira queda (-0,45%). O faturamento é de R$ 398,8 bilhões nas lavouras e de R$ 204,0 bilhões na pecuária.

“Um grupo grande de produtos vem tendo resultados melhores do que no ano passado”, observa o coordenador geral de Avaliação de Políticas e Informação, José Gasques. Destacam-se algodão, 17,2% de aumento; amendoim, 15,7%; banana, 21,6%; batata inglesa, 119,2%; feijão, 72,9%; laranja, 11,5%; mamona, 34,3%; milho, 18,8%; tomate, 20,4%, e trigo, 13,6%. No grupo, chama atenção o algodão. A Conab em seu Boletim deste mês destaca que os agricultores, diante de boas cotações do pluma, investiram nesta safra, ocorrendo incremento recorde na área plantada, de 36,2%.

Bons resultados vêm ocorrendo em carne bovina, suína e frango, destaca, o coordenador. “Essa melhoria deve-se especialmente ao mercado internacional favorável às carnes nos últimos 12 meses”, observou, citando como fonte o (Mapa/Agrostat 2019).

Os desempenhos desfavoráveis vêm ocorrendo com arroz (-6,1%), café (-24,1%), cana de açúcar(-8,2%), mandioca (-9,4%), soja (-13,4%) e uva (-6,6 %). Essas representam 67 % do valor da produção das lavouras. Nos últimos 10 anos, a área cultivada de arroz foi reduzida em aproximadamente 38%, sobretudo em áreas de sequeiro. Mas houve forte salto de produtividade, estimado pela Conab em 95% entre 2001 e 2018.

Na pecuária, leite e ovos também têm apresentado valor da produção abaixo do ocorrido no ano passado.

Nesta safra, alguns produtos vêm obtendo acentuados aumentos de preços reais. Pode-se observar na banana, 18%; batata inglesa, 117%; feijão, 70% tomate, 27,2%, e carne de frango, 14,1%.

Os resultados regionais mostram, como em relatórios anteriores, que o Centro Oeste lidera o VBP nacional com estimativa de R$ 174 bilhões, Sul R$ 150,6 bilhões, Sudeste R$ 144,9 bilhões, Nordeste R$ 57,7 bilhões, e Norte R$ 36,7 bilhões.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior62 dias sem chuva; Cuiabá sofre com baixa umidade do ar
Próximo artigoLady Gaga está morando com Bradley Cooper, diz revista