Vaiado por produtores, Mendes diz que também vaiaria se estivesse na plateia

Essa não é a primeira vez que o governador do Estado é vaiado na região Norte

Foto: Felipe Dero

O governador do Estado Mauro Mendes (DEM) foi vaiado na tarde desta terça-feira (16) por produtores da região que aguardavam pela palestra da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, durante a Norte Show, em Sinop (500 Km de Cuiabá).

Leia também:
Mauro Mendes é hostilizado por produtores rurais em Sorriso
“Eu não espero ser aplaudido e compreendido”, diz Mendes sobre vaias

Com o início das vaias, o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja), Antônio Galvan, subiu os degraus do palco e sem microfone pediu silêncio ao público, saindo em defesa do democrata.

“Pessoal, por favor, vamos fazer silêncio, vamos respeitar a autoridade máxima que é o governador. Nós estamos negociando com ele e com as autoridades a melhoria de nosso setor. Por favor, vamos respeitar, já discutimos ontem sobre isso e eu pedi que não fizéssemos isso. Vamos respeitar o nosso governador”, disse Galvan.

O governador, por sua vez, contornou a situação dizendo que já esperava ser recebido com hostilidade. “Eu realmente esperava por isso, entretanto, as decisões tomadas foram necessárias para o setor. Se eu estivesse sentado entre os agricultores, eu também vaiaria”, declarou Mendes.

A cena se repete

Essa não é a primeira vez que Mendes é vaiado na região Norte de Mato Grosso. Em visita a Sorriso (400 Km de Cuiabá), durante o evento que marcou o encerramento da safra da soja e o início do plantio do milho, no dia 15 de fevereiro e contou com a presença do vice-presidente da república, Hamilton Mourão, o chefe do executivo recebeu uma sonora e constrangedora vaia dos agricultores presentes, sendo chamado até de “mentiroso”.

Na ocasião, Mendes precisou manejar muito bem as palavras para ser minimamente ouvido. As vaias aconteceram em decorrência das propostas de aumento da taxação do agronegócio, entre elas, o novo modelo do Fethab.

O governador tentou minimizar a situação, mas não conseguiu sair aplaudido do evento.

Essa é a primeira visita oficial de Mendes à capital do Nortão.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPeritos de MT podem trabalhar 10 anos a mais do que profissionais de outros estados
Próximo artigoCresce a participação mato-grossense nas exportações de soja