Vacina contra covid-19: governo de MT vai destinar 5% para forças de segurança

Na última remessa de vacinas, 896 doses foram reservadas para um público de 18 mil profissionais

Imagem Ilustrativa (Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governo de Mato Grosso anunciou, nesta segunda-feira (5), que vai aumentar o número de doses destinadas aos profissionais das forças de segurança que atuam no Estado. Ao todo, 5% de cada lote enviado pelo Ministério da Saúde será disponibilizado para imunizar este grupo.

A proposta precisou de aprovação do Ministério Público Estadual e do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde.

O anúncio foi feito depois que a categoria pressionou o governo para ter prioridade na vacinação, sob ameaça de paralisação. A alta na morte de policiais foi um dos motivos do pedido.

Segundo o governador Mauro Mendes (DEM), o momento é de tomar decisões que possam contribuir para que os profissionais que atuam na linha de frente se sintam seguros.

“É necessário aumentar as doses disponibilizadas às forças de segurança, porque esses homens estão na linha de frente do combate à Covid-19 e estão colocando suas vidas em risco pelo bem da população”, declarou Mendes.

Na última remessa de vacina, 896 doses foram disponibilizadas para as forças de segurança do Estado. Por outro lado, o contingente de profissionais gira em torno de 18 mil homens e mulheres.

A expectativa é de que a aplicação das doses tenha início na terça-feira (6).

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorInscrições para o Sisu começam nesta terça-feira
Próximo artigoPedido de vista adia decisão sobre representações contra Eduardo Bolsonaro