UTIs em municípios menores

Projeto torna obrigatória instalação de cinco UTIs nos municípios de até 50 mil habitantes ou menos

(Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados)

A (falta de) estrutura nos municípios menores de todo o Brasil pode ser melhorada. Isso porque o Projeto de Lei 210/21, do deputado Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM), torna obrigatória a criação de pelo menos cinco leitos de UTIs em municípios que tenham pelo menos 50 mil habitantes.

A mesma proposta prevê a criação de pelo menos 15 leitos de UTI nas cidades com 100 mil habitantes ou mais, podendo o número de leitos chegar a 25.

O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

“Cabe ao governo federal e ao Congresso viabilizar o acesso da população à saúde, em especial os cidadãos que vivem em municípios menores e mais afastados das capitais”, defende o autor do projeto.

(Com Agência Câmara)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMendes quer priorizar profissionais da Educação na fila para vacina
Próximo artigoFávaro assina pedido para incluir prefeitos e governadores em CPI da Covid