UTI aérea por R$ 16,8 milhões

SES-MT assinou contratos que somam quase R$ 30 milhões

(Foto: Reprodução/Christiano Antonucci/Secom-MT)

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso (SES) firmou sem licitação, ou seja, sem concorrência, contratos que somam o total de R$ 29,959.244 milhões. Todos os contratos foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) que circula nesta segunda-feira (28) e estão assinados pelo secretário Gilberto Figueiredo.

Pelo valor de R$ 16,887 milhões, foi contratada a empresa Abelha Taxi Aéreo e Manutenção LTDA para prestar serviços de transporte de pacientes em UTI aérea intermunicipal e estadual, devidamente regulados pelo setor de urgência e emergência para atendimento dos casos de covid-19.

Outros R$ 11,556 milhões serão gastos com a empresa Pantanal Vigilância e Segurança LTDA, para prestação de serviços de vigilância armada para atender a Secretaria de Estado de Saúde e unidades descentralizadas em Cuiabá e municípios do interior.

Já a empresa Medi-Saúde Produtos Médicos Hospitalares vai receber R$ 1,497 milhão para fornecer equipamentos médicos e móveis visando a atender as necessidades das Unidades Hospitalares.

Ainda pelo valor de R$ 18 mil a Secretaria de Saúde firmou contrato com a Medeiros e Curvo LTDA, que vai fornecer mão-de-obra para serviços de copa e recepcionista executiva.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Engraçado né , o Estado não iria economizar 10 milhões ao ano , renovou contrato c Abelha Taxi Aereo por quase 17 milhões ? O Estado homologou a Uti aérea publica pra que ? Ciopaer está fazendo transportes Uti aérea então pra que a abelha táxi aéreo e sem licitação ? Renovou contrato ? Cadê ministério público

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMauro Mendes defende governo federal sobre ações no Pantanal
Próximo artigoSesp gasta R$ 2,4 milhões com aeronaves