“Um Ministério Público para chamar de seu”

Deputado federal José Medeiros criticou a decisão do MP de judicializar medidas para conter o avanço da pandemia

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O deputado federal José Medeiros (Podemos-MT) criticou a postura do Ministério Público do Estado (MPE) de judicializar a decisão por medidas para controle do contágio do novo coronavírus em Mato Grosso. 

Ele sugeriu a existência de corporativismo entre o órgão e o governo de Mato Grosso para emplacar ações. Hoje (24), o procurador-geral José Antônio Borges já disse que o MP deverá apresentar à Justiça um pedido para implantação dos feriados antecipados. 

“Quando o governador tem um MP para chamar de seu é diferente”, disse Medeiros em post nesta quarta-feira (24).  

O parlamentar segue a opinião dos deputados estaduais de que o fechamento total do comércio por 10 dias não ajudará a achatar a curva de contágio.  

“Todos nós estamos preocupados com o avanço da pandemia, mas é importante ressaltar que a paralisação de 10 dias não vai conter o vírus, pelo contrário, pode ser um fator que contribui ainda mais para o aumento das aglomerações”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Brasil não pode retroceder”, diz Moro sobre decisão do STF
Próximo artigoO padrão de beleza já te fez odiar alguma característica física sua?