Um dos mais famosos drinques da atualidade nasceu da necessidade de curar a Malária

Uma das curiosidades históricas mais interessantes

Em meados da década de 1840, o Império Britânico quase foi derrubado pelo humilde e irritante “mosquito-prego”, transmissor da malária. A doença se disseminou em diversas colônias tropicais.

Os primeiros sintomas eram febre alta, calafrios e vômitos. Em casos extremos, a infecção levava a convulsões, coma e morte.

Em princípio, o desconhecimento de um tratamento efetivo, fazia com que a doença ressurgisse em vítimas anteriores, incapacitando aqueles que haviam lutado durante o primeiro contágio.

O princípio de causalidade entre malária e insetos já era bem conhecido desde a ocupação romana do norte da África, mas apesar disso, os protozoários que os mosquitos transmitem não foram descobertos até a virada do século XX.

Felizmente, já se sabia uma forma de tratamento. O quinino era conhecido por ser eficaz contra a malária desde o final do século XVI. A casca seca e macerada em pó, então, foi enviada para todas as bases do Império, visando combater a doença e manter a presença britânica nas colônias.

O sabor desagradável do alcaloide amargo era uma queixa comum e, como remédio, os colonizadores começaram a misturar a substância com água e açúcar.

Essa “água tônica” crua se tornou mais comum que água nas colônias e, em pouco tempo, os oficiais das forças armadas britânicas começaram a acrescentar esta nova e mais agradável dose de prevenção da malária à sua bebida preferida: o Gin. E assim nasceu o Gin Tônica.

Talvez nunca se saiba quem foi o primeiro a misturar remédio contra malária com bebida alcoólica, mas a relevância histórica do Gin e da Água Tônica realmente é um fato bastante curioso dos drinques mais relevantes na sociedade ocidental.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDa Netflix, O Irlandês será exibido também em cinemas no Brasil
Próximo artigoEm baile, homem pega chave do carro e celular de namorada, vai embora e acaba preso

O LIVRE ADS