Um dia comum na ALMT

Prioridade para contadores e a criação do Dia do Guaraná

(Foto: JL Siqueira / ALMT)

Um dia estadual do guaraná, a previsão de que todos os disléxicos sejam representados por um laço azul e laranja e o “batismo” de trechos de rodovias que cruzam algum ponto de Mato Grosso.

Esses são exemplos de projetos de lei que tramitaram nesta terça-feira (24) na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Do total de 25 propostas analisadas, sete tinham “relevância” semelhante.

LEIA TAMBÉM

O grupo de deputados tem a missão de verificar se cada um dos projetos que passam pela Casa não esbarra em alguma previsão de leis que já existem, em especial as Constituições de Mato Grosso e do Brasil.

Logo após isso, em um dos auditórios do prédio que sedia o Poder Legislativo, uma audiência pública foi realizada para debater se órgãos públicos deveriam ou não dar prioridade no atendimento a contadores em suas repartições.

O argumento discutido foi o de que esses profissionais sempre chegam com grande demanda e, por isso, mereceriam um balcão de atendimento destinado somente a eles.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEncontro de Terapeutas de MT vai debater diagnóstico não invasivo, TEA e o TDAH
Próximo artigo“Não vai cair ideologia”, diz ministro sobre o Enem 2019