Um dia comum na ALMT

Prioridade para contadores e a criação do Dia do Guaraná

(Foto: JL Siqueira / ALMT)

Um dia estadual do guaraná, a previsão de que todos os disléxicos sejam representados por um laço azul e laranja e o “batismo” de trechos de rodovias que cruzam algum ponto de Mato Grosso.

Esses são exemplos de projetos de lei que tramitaram nesta terça-feira (24) na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Do total de 25 propostas analisadas, sete tinham “relevância” semelhante.

LEIA TAMBÉM

O grupo de deputados tem a missão de verificar se cada um dos projetos que passam pela Casa não esbarra em alguma previsão de leis que já existem, em especial as Constituições de Mato Grosso e do Brasil.

Logo após isso, em um dos auditórios do prédio que sedia o Poder Legislativo, uma audiência pública foi realizada para debater se órgãos públicos deveriam ou não dar prioridade no atendimento a contadores em suas repartições.

O argumento discutido foi o de que esses profissionais sempre chegam com grande demanda e, por isso, mereceriam um balcão de atendimento destinado somente a eles.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS