Um Bolsonaro no caminho

Desafeto de Selma Arruda, Flávio é parte da Mesa Diretora que vai julgar se ela fica no Senado

(Foto: Divulgação/Alerj)

O caminho de Selma Arruda (Podemos) poderá ser cruzado novamente por Flávio Bolsonaro (sem partido). Ele é integrante da Mesa Diretora do Senado – ocupa o cargo de terceiro secretário – que vai analisar a defesa dela para permanecer no cargo.

Em 2019, a ex-juíza deixou o PSL após uma discussão ferrenha com Flávio, em contexto sobre a implantação da CPI da Lava Toga. Ela diz que houve desrespeito e afronta por parte do filho do presidente, o que tornou sua permanência no partido insustentável.

Nessa quarta-feira (5), a Advocacia do Senado emitiu parecer com a orientação de que o processo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tenha encaminhamento imediato para a declaração de vacância da vaga de Selma.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUm dos primeiros filmes do mundo é restaurado em 4k e a internet enlouquece
Próximo artigoProfessora e assistente são condenadas por maltratar e estimular bullying contra aluno