UFMT quer nomear 32 professores e abrir concurso com 40 vagas para técnicos

Com decreto que amplia terceirização dos cargos, concursos têm se tornado escassos

Em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (17), a reitora da UFMT Myriam Serra disse que encaminhou ao Ministério da Economia autorização para realizar concurso público de técnico-administrativo com oferta de 40 vagas.

A gestora ainda solicitou ao Ministério da Educação a nomeação de 32 professores aprovados no último concurso.

É que para a reitora, desde o decreto nº 9.507/2018 em vigor desde janeiro – que amplia a terceirização de cargos das universidades – a universidade vem perdendo autonomia para realizar concursos e nomear aprovados.

“A universidade não tem mais autorização para realizar concurso de técnico e nem nomear professor selecionado em concurso do ano passado. São 32 vagas que nós encaminhamos para que o MEC, pedindo que eles sejam nomeados”, afirmou Myrian.

“Agora, para autorizar o novo concurso a universidade tem que comprovar pelo menos 14 critérios”, complementou.

Quanto ao orçamento, Myriam afirma que a nomeação está prevista na LOA que considera “a estimativa de aposentadorias, mesmo com a reforma da previdência. O nosso orçamento de custeio é diferente do pessoal”, ressalta.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. Não estão dando conta de manter acesas as luzes, mas não perdem a oportunidade de querer aumentar despesas. Como pode um país desse dar certo se quem ensina economia parece dar a mínima pra realidade financeira do negócio que administra? Exemplo de Administração não pagando em dia as contas; Economia, com um endividado fazendo mais dividas; Serviço Social e Engenharia Elétrica deixando a população no escuro, Direito e o trabalho de auto risco (pesquisas) sendo interrompidas sem uma medida cautelar…. Se a Academia não se cuida, como pode exigir que alguém aprenda a se cuidar….

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVídeo | Fãs tentam bater recorde de maior Kamehameha do mundo
Próximo artigoToffoli: suspensão de investigações do Coaf é para defesa do cidadão

O LIVRE ADS