UFMT oferece aulas gratuitas da arte marcial japonesa kendo

O projeto é desenvolvido através dos esforços da Associação Cuiabá de Kendo (ACK), instituição que há  mais de 10 anos realiza treinos e promove a arte marcial em Cuiabá e no estado de Mato Grosso.

Começa no mês de abril a nova fase do projeto de extensão da Universidade Federal de Mato Grosso “Kendo na UFMT”. O projeto leva aulas de kendo, uma arte marcial japonesa, de forma gratuita para toda a comunidade interna e externa da Universidade. O kendo é uma arte marcial praticada no mundo todo em que os participantes utilizam armaduras e espadas de bambu para combates que simulam o uso da katana (espada japonesa). No dia 14 de abril (sábado) a partir das 08:30h da manhã será realizado nas quadras da UFMT, em frente ao Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS), um Seminário para Iniciantes que busca atrair participantes para a prática com entrada totalmente gratuita! São aceitos praticantes a partir de 8 anos de idade e o esporte não tem restrições de porte físico ou idade máxima. Além do Seminário, o projeto oferece aulas semanais às quintas (20h) e aos sábados (08:30h) no mesmo local.

O projeto é desenvolvido através dos esforços da Associação Cuiabá de Kendo (ACK), instituição que há  mais de 10 anos realiza treinos e promove a arte marcial em Cuiabá e no estado de Mato Grosso. A ACK é liderada pelo sensei Eduardo Luna Mendes, 4º dan em kendo e 2º dan em iaido. Projetos semelhantes são realizados em outras universidades do Brasil, como UNB, UFPB e USP.

O contato com os realizadores pode ser feito através das páginas no Facebook “Kendo na UFMT” e “ACK – Associação Cuiabá de Kendo” ou através do email [email protected].

Com Assessoria

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSTJ determina novo julgamento de embargos no caso do massacre do Carandiru
Próximo artigoCasal é preso por contrabando de armas e munição do Paraguai