Trivago governamental

O governo de Mato Grosso prepara o aplicativo Nota MT – lançado recentemente com o objetivo de aumentar a arrecadação de impostos sorteando prêmios em dinheiro para quem cobra a nota fiscal dos produtos que compra – para fazer comparação de preços de mercadorias vendidas dentro do Estado.

De acordo com o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, a ideia é que o contribuinte possa digitar o nome – informando marca e modelo – do produto e saber em qual estabelecimento comercial ele está mais barato. A informação seria com base nos dados da própria Sefaz, que tem o controle de quanto aquele produto custou para o comerciante.

Na prática, seria como o site Trivago, famoso por comparar preços de diárias de hotéis pelos Brasil.

LEIA TAMBÉM

Governador sanciona lei que cria Nota MT; veja como vai funcionar

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEnergia solar sem imposto
Próximo artigoMinistros são exonerados para votar a reforma da Previdência

O LIVRE ADS