Trio tenta roubar gado com um Monza, corta boi no meio e acaba preso

Como o animal não cabia inteiro dentro do carro, os ladrões o mataram e cortaram ao meio ainda no pasto

Os gados só existiam nos vídeos. Sem avançar com a negociação, vítima desconfiou (Imagem Ilustrativa)

Uma tentativa de furto de gado acabou mal na madrugada deste sábado (11) para os três ladrões e também para um boi. Contando apenas com um veículo Monza para a fuga, o trio teve que cortar o animal ao meio (ainda no pasto) para conseguir transportá-lo.

A ação, no entanto, foi flagrada por alguém que chamou a polícia. Os três bandidos até tentaram fugir, mas acabaram presos.

O roubo foi à Fazenda Ellus, localizada a aproximadamente 45 quilômetros de Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

O trio foi identificado pela polícia por estar trafegando na contramão. Ao serem abordados, eles saíram do carro, deixaram uma espingarda no chão e tentaram fugir correndo.

Acabaram sendo capturados e até resistiram à prisão, mas sem sucesso.

No carro, dentro do porta-malas, a polícia encontrou metade do boi que eles tentaram roubar. O pedaço do corpo do animal ainda sangrava.

Já na delegacia, eles contaram que foram até a fazenda para roubar gado e que, no pasto da propriedade, mataram e cortaram o animal em duas partes. Uma faca usada por eles estava no veículo.

Ainda de acordo com o trio, quando um segurança da fazenda viu a ação, chamou a polícia.

Os policiais que atenderam a ocorrência voltaram à fazenda e encontraram a outra metade do boi abatido. Mas não o segurança ou caseiro da propriedade.

O contato acabou sendo feito por telefone com o gerente da fazenda. A metade do boi roubada foi devolvida.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEpidemia de “transgêneros” – Medicina baseada em evidências
Próximo artigo“A necessidade faz”: indígenas venezuelanos acampam na rodoviária de Cuiabá