|sábado, 20 Outubro 2018
Reprodução/ilustração

TRE manda retirar outdoors pró-Bolsonaro de cidade de Mato Grosso

Decisão do Tribunal foi dada a pedido do Ministério Público Federal em MT

775
COMPARTILHECOMPARTILHE

A pedido do Ministério Público Federal, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT) determinou a retirada de outdoors contendo a fotografia e o nome do pré-candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro das ruas do município de Pontes e Lacerda (450 km de Cuiabá). A publicidade estava registrada em nome do grupo “Avança Lacerda”.

No pedido feito à Justiça Eleitoral, a procuradora regional eleitoral Cristina Nascimento de Melo requereu que os painéis fossem retirados num prazo de 24 horas, pois caracterizavam a “realização de propaganda eleitoral extemporânea”, já que os outdoors continham fotografia e nome do deputado federal Jair Bolsonaro, com a bandeira do Brasil de fundo e mensagem de natureza tipicamente eleitoral.

“A veiculação de tais outdoors afronta duplamente o regramento eleitoral. De um lado porque ocorre antes do período em que é permitida a propaganda eleitoral e, de outro, pelo fato de a própria figura do outdoor ter sido banida da política do Brasil desde 2006”, afirma a procuradora.

A decisão favorável ao Ministério Público Eleitoral foi o dada pelo juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT), Paulo Cezar Alves Sodre. Em seu despacho, o magistrado cafirma que, “se durante o período previsto para propaganda eleitoral, que nestas eleições se inicia a partir de 16 de agosto de 2018, não se admite a propaganda por meio de outdoor, muito menos poderá ser admitida na denominada fase de pré-campanha, onde os atos são notoriamente mais restritos”.

O magistrado apresentou duas fundamentações para sua decisão. A primeira foi que, mesmo não havendo pedidos explícitos de votos, o outdoor na maneira como visualizado será considerado propaganda eleitoral mesmo no período permitido, porque terá por finalidade apresentar o suposto candidato como uma pessoa apta a resolver o problema da corrupção no Brasil.

“Logo, se durante o período em que se admite a propaganda eleitoral (a partir de 16 de agosto deste ano), a mensagem veiculada seria considerada como propaganda vedada por ter sido veiculado em outdoor, forçoso concluir que, no presente momento, ela também é vedada exatamente por ter sido veiculada por meio de outdoor”.

Já a segunda fundamentação aponta que, a partir do momento em que a propaganda é veiculada via outdoor,presume-se que houve gastos financeiros, que só podem ser realizados após as convenções partidárias, o registro da candidatura, a abertura do CNPJ da campanha, bem como a abertura da conta bancária. Neste caso, mesmo que quem tenha arcado com as despesas para implantação do outdoor, tal custo tem que ser registrado como doação, que só pode ser feita, com exceção do financiamento coletivo, “após a existência plena e válida da candidatura devidamente registrada perante o órgão competente”.

(Com Assessoria)

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Jovem pula muro de casa e avisa polícia que família foi levada por bandidos como refém
Câmeras de segurança flagram momento em que caminhão atropela ciclista
Casos de chikungunya aumentaram 3,5 vezes em Mato Grosso
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Delação de Alan Malouf: empresários simpatizantes de Taques pagaram R$ 7 milhões de Caixa 2
Pedro Taques e Silval conversaram sozinhos em churrasqueira, diz Malouf
Recém-eleito para o cargo de corregedor deve propor ao TJ criação de Corregedoria-Adjunta
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Amaggi investirá na produção de biodiesel em Mato Grosso
Imac apresenta inovação no segmento da carne em feira internacional
Imea prevê ligeiro aumento na demanda pelo milho mato-grossense
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Intervenção urbana reúne grafiteiros, B-boys, DJ e MC’s na Praça Cultural do CPA II neste sábado
Amigos unem esforços para saldar despesas com tratamento e sepultamento de produtora cultural
MAUAL encerra 17ª edição com mostra informativa, premiações e festa no Metade Cheio
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Presidente do PSL refuta envolvimento em fake news
TSE abre ação para investigar suspeita contra campanha de Bolsonaro
Preso na Lava Jato, ex-deputado André Vargas tem liberdade condicional
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Sine oferta mais de mil vagas de trabalho em Mato Grosso
Processo seletivo em Matupá oferece 50 vagas de até R$ 3,6 mil
Concursos públicos têm mais de 800 vagas e salários até R$ 18 mil em MT; confira
X