|terça, 22 maio 2018

    Trabalho de manutenção na BR-163 é reforçado

    COMPARTILHECOMPARTILHE

    Após percorrer a BR-163/PA esta semana, o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, Luiz Antônio Garcia, determinou a ampliação das equipes que atuam na região de Novo Progreso, cidade localizada às margens da rodovia. O objetivo é reforçar os serviços de manutenção nas partes degradadas da pista.

    Devido às fortes chuvas que assolam a região nessa época do ano, não é possível trabalhar com asfalto, pois todo o material seria perdido por causa da água. E para manter a trafegabilidade, a empresa contratada pelo DNIT está trabalhando com rachão (pedras), e também com mistura de solo, cimento e brita para restaurar os trechos danificados.

    Garcia percorreu toda a extensão da BR-163/PA para acompanhar o andamento da operação que está sendo realizada na região desde dezembro de 2017, em conjunto com o Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal, para garantir a trafegabilidade no trecho não asfaltado da rodovia durante o período de chuvas, conhecido como inverno amazônico.

    A inspeção diária da BR-163/PA, visando uma atuação preventiva ou emergencial, faz parte do conjunto de medidas definidas pelo DNIT. Outras ações são o monitoramento e controle de tráfego, além de um sistema para divulgação de informações. As condições de trafegabilidade da rodovia são atualizadas diariamente e podem ser conferidas no endereço www.br163pa.com. Estas ações envolvem mais de 40 veículos especiais e outros equipamentos, tais como pick ups, retroescavadeiras, containers, caminhões carroceria, caminhões tanque, tratores agrícolas, motoniveladoras, escavadeiras hidráulicas, cavalos mecânicos com reboque.

    A maior parte da BR-163 está pavimentada desde Mato Grosso até o Pará, restando poucos trechos em obras. Dos 710 quilômetros da BR-163/PA localizados entre a divisa com Mato Grosso até a entrada para o Porto de Miritituba, 620 quilômetros já foram pavimentados pelo DNIT, representando um investimento de R$ 1,37 bilhão do Governo federal. Os quase 90 quilômetros a serem asfaltados estão divididos em dois lotes de obras que estão em andamento.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Policiais se revoltam ao prender “Pateta” andando de BMW

    Jovem é presa ao tentar entrar em presídio com 34 trouxas de maconha nas...

    Presas com drogas, jovens posam sorrindo para foto em delegacia

    Mistério em festival de rock em Cuiabá: o que 30 mil pessoas vão ouvir...

    Cortejo fúnebre de líder do Comando Vermelho tem funk, buzinaço e promessas de vingança

    X