Trabalhador surta por não gostar de comida, sobe em pá carregadeira e destrói tudo em fazenda

Durante acesso de fúria, ele destruiu a cozinha, a prensa de algodão, partes do barracão, árvores, o alojamento e tentou atropelar os colegas

Um homem de 31 anos teve um acesso de fúria por não gostar da comida feita pela cozinheira do seu trabalho nessa quinta-feira (17) e destruiu tudo que viu pela frente em uma fazenda na zona rural de Nova Mutum (240 km de Cuiabá).

O suspeito estava embriagado e totalmente alterado, discutiu com a cozinheira dizendo que a comida não estava de seu agrado e, depois, subiu em uma máquina pá carregadeira e começou a destruição.

A Polícia Militar foi acionada e demorou um pouco para chegar no local, visto que a fazenda fica distante da cidade e as estradas para chegar são de terra.

Quando os militares chegaram, já encontraram tudo destruído e o suspeito havia fugido. Os outros funcionários, então, começaram a contar o que havia acontecido.

Após a discussão com a cozinheira, o suspeito pegou a máquina pá carregadeira, com a qual ele trabalha, e, furioso, começou a destruir tudo que via pela frente, como a prensa de algodão e partes do barracão da fazenda.

Ele ainda tentou atropelar colegas que estavam trabalhando no local, que tiveram que fugir correndo. Em seguida, o acusado foi em direção à cozinha, onde estava a cozinheira com quem ele havia discutido, e destruiu a cozinha. Os funcionários, porém, conseguiram fugir.

Não satisfeito, o homem continuou com a destruição, quebrando árvores e tudo que encontrasse, até que chegou no alojamento dos funcionários.

Ele quebrou parte do alojamento, onde havia funcionários dentro, mas eles também conseguiram fugir sem ficarem feridos.

A Central de TI da fazenda também foi destruída, além de vários outros danos por onde ele passou com a máquina. O suspeito só parou quando a máquina ficou presa entre algumas árvores de eucalipto.

Nesse momento, ele saiu da máquina e fugiu a pé. O caso teve início por volta das 19 horas, mas o suspeito só foi encontrado próximo de 00h, escondido em um chiqueiro da fazenda vizinha, após uma força tarefa dos policiais e dos funcionários da fazenda em busca dele.

Questionado sobre tudo que havia feito, o suspeito disse só se lembrar de ter ingerido bebidas alcoólicas desde de manhã, de ter discutido com a técnica de segurança da fazenda e de ter pegado a pá carregadeira, Contudo, alegou não se recordava o que havia feito depois disso.

O caso foi registrado como dano qualificado e tentativa de homicídio doloso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProjeto na ALMT sugere que o governo use drone para combater incêndios florestais
Próximo artigoPetrobras doa R$ 150 mil a projeto que socorre animais no Pantanal