Tortura: mulher é estuprada e espancada pelo marido por mais de 12 horas

Homem chegou em casa acusando a mulher de traição

Uma mulher de 32 anos viveu momentos de terror na noite de terça-feira (2). Ela foi estuprada, espancada e queimada com cigarro pelo próprio marido, de 30 anos. O casal já convivia há cinco anos.

Conforme a Polícia Judiciária Civil, a mulher procurou a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá na quarta-feira (3). Na ocasião, estava extremamente machucada, com dentes quebrados, queimaduras de cigarro em um braço e os dois olhos roxos. Um deles sequer abria de tão inchado.

Ela contou aos policiais que, na noite da terça-feira o companheiro chegou em casa a acusando de traição. Por conta disso, teve início o estupro e as agressões. Durante a violência, ele ameaçava a mulher, a mãe e os filhos dela de morte.

Segundo a Polícia Civil, além de ter os dentes quebrados, o braço esquerdo queimado e os olhos lesionados, a mulher sofreu chutes nos seios e o marido riscou o pescoço dela com uma faca.

A vítima só conseguiu fugir das agressões próximo a meio-dia dessa quarta-feira (3), depois de mais de 12 horas de tortura. Ela seguiu direto para a delegacia, onde contou que já havia sido agredida pelo marido outra vezes e até já tinha solicitado medidas protetivas de urgência contra ele.

Logo que ouviram a mulher, policiais foram em busca do suspeito. Ele foi encontrado no Bairro Jardim Colorado, em Cuiabá, e preso em flagrante pelos crimes de lesão corporal, injúria, ameaça, cárcere privado e estupro.

A mulher foi levada para o Instituto Médico Legal (IML), onde realizou o exame de corpo de delito. Depois, foi encaminhada para uma casa de amparo, onde ficará hospedada.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

8 COMENTÁRIOS

  1. É muito cretino um homem que faz isso com uma mulher, para me ele é um covarde. Sr. Delegado (a), por favor coloque esse cretino numa cela com uns 30 presos para ele sentir na pele, se é bom ser torturado e estuprado, tomara que ele saia da cadela pro cemitério é isso que ele merece. Fica aqui minha indignação .

  2. Apesar de estarmos no século xxl acho nossa justiça falha, o nosso País tem muitas leis e pouca justiça, se eu fosse mas jovem e se tivesse dinheiro ia fazer um treinamento tiro de Elite que ia fica só na moita ia ter um prazer enorme em mata estes homens covardessss todo castigo e pouco pra homens que espancam as mulheres …..

  3. O que mais assusta é o índice de crescimento de crimes contra a mulher e ainda, dentro de casa. Esse sujeito é um monstro é deve apodrecer na cadeia. Dá nojo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDecisão adiada
Próximo artigoNo Facebook, Bolsonaro revela que trabalhou na infância