Tio é flagrado pela esposa estuprando sobrinha de apenas seis anos

Vizinhos ajudaram a deter o acusado, de 52 anos, e o agrediram

Imagem ilustrativa

Um homem de 52 anos foi preso nesse domingo (31) acusado de estuprar a sobrinha de 2º grau, de apenas seis anos, dentro da casa em que os dois moravam, no Bairro São João Del Rey, em Cuiabá.

Conforme o relato da mãe da criança, ela é sobrinha do suspeito e mora com ele e a esposa, assim como seus filhos, a menina de seis anos e um menino de 10 meses.

Nesse domingo, por volta das 15 horas, a jovem estava amamentando o bebê na sala da casa, quando a esposa do suspeito veio correndo até ela, bastante ofegante e sem conseguir se acalmar.

Quando conseguiu, a mulher contou que havia acabado de presenciar o marido abusando da sobrinha de seis anos na área dos fundos da casa.

Nesse momento, segundo o boletim de ocorrência, vendo que tinha sido descoberto, o homem entrou no quarto, procurou algumas coisas e saiu da casa.

A mãe da criança tentou segurá-lo, mas não conseguiu. Ela, então, gritou por ajuda e os vizinhos o detiveram. Ao descobrirem o ocorrido, os moradores o agrediram.

Detido por moradores

A Polícia Militar foi acionada e já encontrou o suspeito detido pelos morados. Os policiais ouviram a mãe e, em seguida, a esposa do acusado.

Questionada sobre o que teria visto, a esposa disse que procurou o marido e a criança pela casa e, ao chegar na área dos fundos, encontrou a menina em uma cadeira de fio com as pernas abertas, e o suspeito com o dedo introduzido no órgão genital dela.

Ela deu um grito e saiu correndo para o quarto. Em seguida, contou à mãe da vítima.

A mãe conversou com a filha, que, com bastante vergonha, disse que o tio havia beijado a boca dela.

O suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá, acusado de estupro de vulnerável, com vários machucados pelo corpo, causados no momento que tentou fugir e foi contido e agredido pelos vizinhos.

O LIVRE produziu um manual para você saber como agir, caso tenha sido vítima ou testemunha de um crime sexual:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorR$ 1 bilhão de economia em 2019
Próximo artigoMulher é assassinada e roubada pelo ex-marido dentro de sua própria casa

O LIVRE ADS