Tio é denunciado após assediar sobrinha a abraçando por trás e beijando próximo à boca

Vítima tem apenas 12 anos; esposa de suspeito disse para sobrinha não contar a ninguém, nem denunciar o marido dela

Imagem ilustrativa

A mãe de uma adolescente de 12 anos procurou a polícia de Tangará da Serra (250 km de Cuiabá) nessa quarta-feira (22) para denunciar o marido de sua irmã afirmando que ele assediou sua filha.

Segundo a mãe, ela cuida da filha de sua irmã, uma bebê de um ano e meio. Como de costume, nessa quarta-feira ela foi até a casa da irmã para cuidar da menina e a avó e o pai da bebê estavam na casa.

Por volta das 14h20, a bebê estava dormindo no quarto e a filha da denunciante, uma adolescente de 12 anos, deitou de bruços em outra cama para ajudar a cuidar da bebê.

Nesse momento, porém, segundo a mãe da adolescente, o pai da bebê, que estava no banheiro, foi até a cama em que a adolescente estava, a abraçou por trás e a beijou próximo à boca.

A adolescente ficou desesperada e saiu correndo para fora da casa. Ela contou o ocorrido para a avó da bebê, que apenas riu da situação.

O suspeito saiu correndo e fugiu da casa. A adolescente, então, contou à tia, esposa do suspeito, que pediu que ela não contasse o ocorrido a mais ninguém, somente à mãe, e não denunciasse o marido dela.

Assim que a menina contou à mãe, porém, esta procurou a polícia e denunciou o cunhado. O caso foi registrado como assédio sexual e deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDa prisão ao cargo: Waldir Teis é reintegrado como conselheiro do TCE
Próximo artigoGoverno de MT diz que não comprou vacinas direto do Butantan