Tinder eleitoral oferece “cardápio” de candidatos para “degustação” do eleitor

No temmeuvoto.com o "match" é o voto no eleitor no candidato com o qual mais se identificou

Leandro Machado (Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

Motivados pela informação de que a segunda expressão mais procurada no Google referente às eleições foi “como anular meu voto”, movimentos e organizações da sociedade civil decidiram lançar um “Tinder” eleitoral. Essa é a proposta do site temmeuvoto.com: oferecer um “cardápio” dos candidatos nas eleições deste ano para “degustação” dos eleitores, que darão “match” – que neste caso é o voto, àquele com quem mais se identificarem.

Coordenada pelo cientista político Leandro Machado, que é cofundador do movimento Agora!, a ideia é mostrar para os eleitores que eles têm opção. “É um meio para tentar furar o bloqueio dos grandes partidos, que criaram uma série de regras a que deram nome de ‘reforma política’, para fechar as portas para a renovação, para as pessoas poderem encontrar candidatos novos”, explicou Leandro, em entrevista ao LIVRE.

Segundo ele, a plataforma estará disponível para os candidatos a deputado estadual, deputado federal e senador inserirem informações a partir de 17 de agosto – e para os eleitores a partir de 10 de setembro -, sendo que o primeiro turno das eleições será em 7 de outubro.

“Neste momento o site é apenas informativo, uma vez que ainda não há uma definição de todos os candidatos das eleições deste ano. A data-limite para registro na Justiça Eleitoral é 15 de agosto, então, a partir do dia 17 os candidatos que quiserem já podem inserir suas informações”, pontuou o cientista político.

Quando o site estiver em pleno funcionamento, conforme Machado, o eleitor responderá a sete perguntas sobre o que quer para o Brasil e, a cada resposta, é feita uma seleção dos candidatos alinhados com ela.

“Ao final, o sistema disponibilizará informações sobre cada um deles, como partido, biografia, sites oficiais, prioridades, posição ideológica, processos judiciais e condenações – quando houver, dentre outras. Com isso, caberá a ele se informar, refletir e decidir quem estará à frente do Brasil nos próximos anos”, ponderou.

Leandro Machado destacou que a iniciativa é apartidária, independente e múltipla, tendo sido criada a partir da união de vários movimentos e organizações da sociedade civil, bem como do esforço voluntário de centenas de profissionais.

Tinder

A comparação descontraída da plataforma com o Tinder se deve ao fato deste ser o aplicativo mais popular do mundo para conhecer novas pessoas. Ele consiste numa aplicação multiplataforma de localização online de pessoas para encontros românticos, por meio do cruzamento de informações.

“Match” é uma expressão usada no aplicativo para quando duas pessoas se curtem mutuamente. Quando “dá match”, o Tinder abre uma opção de diálogo entre os dois, para que possam se conhecer e, por exemplo, marcar um encontro presencial.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMutirão de Empregabilidade oferece mais de 2 mil vagas de emprego e cursos de capacitação em Cuiabá
Próximo artigoAdesão à lista de espera do ProUni está aberta até amanhã

O LIVRE ADS