|domingo, 19 agosto 2018

    Terremoto de 7.6 no Caribe: 2018 promete!

    66
    COMPARTILHECOMPARTILHE

     

     

    Aroldo Maciel

    Olá amigos, seguidores e não-amigos também!

    Voltamos com tudo este ano – e os movimentos, no amplo sentido desta palavra, nos dá uma ideia de como será esse 2018. O ano começa com um evento de 7.5 nas proximidades de Honduras, assombrando o Caribe em geral.

    Nos últimos três posts eu já havia alertado sobre as altas probabilidades de que eventos moderados pudessem ocorrer naquelas proximidades. Eu esperava que um evento significativo pudesse acontecer entre Oaxaca México e a Costa Sul do Panamá, e o evento ocorreu no mar, entre Honduras e Jamaica.

    Imediatamente o celular iniciou uma série de chamadas de pessoas que querem saber probabilidades de migração do evento. Eu vou esperar 24 horas para iniciar as análises, mas já de antemão sabemos que uma das regiões com probabilidades é o Chile e regiões ao Sul, com um prazo de 45 dias.

    O histórico de terremotos em Honduras faz menção a um evento ocorrido em maio 2009, quando, mesmo tendo sido muito perto da Costa do País, fez “somente” sete vítimas. Espero que este não tenha maiores danos.

    No decorrer do dia vou monitorar a atividade na região e fazer novos reports sobre os riscos de novos tremores. Não podemos nos esquecer de que, no terremoto do México, ocorrido no dia 7 de setembro de 2017, houve ainda o que eu considero uma migração de evento, 13 dias depois. Isso me leva a dizer que os países nas proximidades devem ter claro os riscos de que um evento igual ou maior possa ocorrer em intervalos de 3 e 15 dias.

    Já sobre os locais de migração, acredito que a cautela é a melhor atitude no momento – e entre 24 e 36 horas voltarei a falar do assunto. Estou sofrendo com a censura de alguns países e as únicas fontes de informação são as minhas redes sociais e a página www.olivre.com.br, em primeira mão.

    Até breve.

    …………………………………………………………………….

    ¡Hola amigos, seguidores y no amigos también!

    Volvemos con todo este año – y los movimientos, en el amplio sentido de esta palabra, nos da una idea de cómo será ese 2018. El año comienza con un evento de 7.5 en las proximidades de Honduras, asombrando al Caribe en general.

    En los últimos tres puestos ya había advertido sobre las altas probabilidades de que eventos moderados pudieran ocurrir en aquellos cercanos. Esperaba que un evento significativo pudiera ocurrir entre Oaxaca México y la Costa Sur de Panamá, y el evento ocurrió en el mar, entre Honduras y Jamaica.

    Inmediatamente el celular inició una serie de llamadas de personas que quieren saber probabilidades de migración del evento. Voy a esperar 24 horas para iniciar los análisis, pero ya de antemano sabemos que una de las regiones con probabilidades es Chile y regiones al sur, con un plazo de 45 días.

    El histórico de terremotos en Honduras hace mención a un evento ocurrido en mayo de 2009, cuando, aunque fue muy cerca de la Costa del país, hizo “solamente” siete víctimas. Espero que no tenga mayores daños.

    En el transcurso del día voy a monitorear la actividad en la región y hacer nuevos informes sobre los riesgos de nuevos temblores. No podemos olvidar que en el terremoto de México, ocurrido el 7 de septiembre de 2017, hubo lo que yo considero una migración de evento, 13 días después. Esto me lleva a decir que los países cercanos deben tener claro los riesgos de que un evento igual o mayor pueda ocurrir en intervalos de 3 y 15 días.

    Ya sobre los lugares de migración, creo que la cautela es la mejor actitud en el momento – y entre las 24 y 36 horas volveré a hablar del asunto. Estoy sufriendo con la censura de algunos países y las únicas fuentes de información son mis redes sociales y la página www.olivre.com.br, de primera mano. Hasta pronto.

    Assinatura Coluna Aroldo

     

    Deixe um comentário

    Please enter your name here
    Please enter your comment!

    DESTAQUES

    Bairro Cuiabá História Municípios Policia
    Temporal derruba antena de TV e fachadas de lojas em Sinop
    Homem é preso acusado de estuprar enteada de 12 anos
    Problemas no fornecimento de energia elétrica trazem prejuízo a comércio na região do Santa Rosa
    Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
    Veja a agenda dos candidatos a governador de MT desta segunda
    MT compra derivado da maconha por meio de liminar, diz secretário
    Sem experiência como gestor, Taques desconhecia limitação de recursos, diz aliado
    Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
    Sistema de classificação de grãos precisa evoluir, alerta Aprosoja Brasil
    Vencedores do Prêmio de Mobilização visitam fábrica da New Holland em Curitiba
    Fazenda que produz mais de 37 mil litros de leite por dia atrai atenção dos mato-grossenses
    Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
    Novas marcas exploram tendências em maquiagem durante o ProBeleza 2018
    Gusttavo Lima volta a Cuiabá em outubro com sucessos e releituras de clássicos
    Duelo estadual de MCs terá seletivas nas batalhas de Cuiabá e VG até outubro; confira datas
    Corrupção Economia Eleições Estados Política
    Exército diz que 1,2 mil venezuelanos saíram do Brasil após violência
    Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 27 milhões na quarta-feira
    Governo procura 67 pessoas para pagar indenização por trabalho escravo
    Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
    Por R$ 23 mil, Tribunal de Justiça de Mato Grosso lança concurso para magistratura
    Sejudh abre concurso para agentes penitenciários com salários de até R$ 3 mil
    Sine Municipal oferece 78 novas oportunidades para quem deseja retornar ao mercado de trabalho
    X